[RESENHA]"Como se apaixonar" de Cecelia Ahern | Por karita Kinnups



Sinopse: Depois de não conseguir evitar que um homem acabasse com a própria vida, Christine passa a refletir sobre o quanto é importante ser feliz. Por isso, ela desiste de seu casamento sem amor e aplica as técnicas aprendidas em livros de autoajuda para viver melhor. Adam não está em um momento muito bom, e a única saída que ele encontra para a solução de seus problemas é acabar com sua vida. Mas, para a sorte de Adam, Christine aparece para transformar sua existência, ou pelo menos tentar ajudá-lo. Ela tem duas semanas para fazer com que Adam reveja seus conceitos de felicidade. Será que ele vai voltar a se apaixonar pela própria vida?



Título: "Como se Apaixonar" | Editora: Novo Conceito| Gênero: Literatura Norte-Americana, Aventura, SuspenseAno: 2015| Adquiria seu exemplar, aqui. | Leia o primeiro capítulo, aqui.





Por Karita Kinnups




A autora é a mesma de P.S. Eu Te Amo, Simplesmente Acontece, A Lista e outros livros que li, no entanto, os que citei foram  os que me apaixonei totalmente pelo enredo. Então já peguei o livro, Como se Apaixonar, querendo devorar a leitura por já conhecer os outros livros da Cecelia Ahern


"Dizem que um raio nunca cai duas vezes no mesmo lugar. Não é verdade. Bem, é verdade que as pessoas dizem isso, mas não é um fato verdadeiro."


Comecei a ler o livro e confesso que não senti a mesmas coisas como dos outros livros, achei o começo confuso, mas quando comecei a entender a trama, passei a gostar do que estava lendo.


"Você tem que ir pouco a pouco, pequenos passos, e uma hora vai chegar lá."


A história se inicia com Christine tentando impedir o suicídio de um homem, no mesmo dia em que ela resolve por um fim em seu casamento de 9 meses. Num domingo congelante, Christine andava pela ponte Há’penny para se desligar um pouco dos problemas, e se depara com um homem (Adam) tentando se suicidar e ela consegue fazer com que ele desista desse propósito, mas Adam lhe dá um ultimato: ela tem 15 dias a Christine para convencê-lo de que foi uma boa ideia ele não ter pulado da ponte, pois a vida é muito bonita e tem vários encantos a ser vividos.


"Momentos são preciosos; às vezes eles se demoram e, em outras ocasiões, são passageiros, mas, ainda assim, muito pode ser feito durante eles; você pode mudar de ideia, pode salvar uma vida e pode até se apaixonar."


Chistine é uma personagem muito forte, enfrentando vários dramas, mas mesmo assim é sempre positiva e sempre disposta ajudar o próximo, viciada em livros de autoajuda, me simpatizei com ela. Foi uma personagem muito bem escrita.


“Não tinha havido nenhum homem secreto esperando por mim, isso era óbvio, mas mas eu tinha abandonado Barry, terminando nosso relacionamento por nenhum motivo real… Bem, nenhum motivo que as outras pessoas pudessem ver. Era quase como se a minha infelicidade não fosse o suficiente. Se ele não me traiu, não me bateu e não foi cruel comigo, ninguém parecia conseguir entender que eu não amá-lo e estar infeliz eram motivos suficientes.”


Já Adam, pira o cabeção quando flagra sua namorada e seu melhor amigo tendo um caso, mas esse, só é o estopim para o seu desequilíbrio emocional, pois ele vinha guardando outros dramas desde a infância. 


"Momentos são preciosos; às vezes eles se demoram e, em outras ocasiões, são passageiros, mas, ainda assim, muito pode ser feito durante eles; você pode mudar de ideia, pode salvar uma vida e pode até se apaixonar."


No geral, a leitura é fluida, os temas abordados de muita inteligência e sensibilidade: suicídio e pânico dá má exposição da própria imagem são assuntos que estão nas mídias, nos dias atuais. Parabéns a autora pelos temas abordados. O livro é repleto de reflexões e ele se encaixa sim num livro de autoajuda.


Até a próxima, pessoal!



O post [RESENHA]"Como se apaixonar" de Cecelia Ahern | Por karita Kinnups apareceu primeiro em  APENAS Impressões Literárias .

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...