[RESENHA] "Bom dia, Sr. Mandela" de Zelda la Grange | Por Mac Batista

Sinopse: A secretária particular de Nelson Mandela faz um relato sobre a vida íntima do grande líder da África do Sul, relatando como era viver no apartheid e como o convívio com Mandela a fez abandonar todos os tipos de preconceito. Na descrição do dia a dia dos últimos 20 anos da vida de Mandela, um perfil humano e carismático do líder  da luta contra o apartheid.

Título: "Bom dia, Sr. Mandela" | Editora: Novo Conceito| Ano: 2015 | Adquira um exemplar, aqui. | Leia um trecho do livro, aqui.


Por Mac Batista 


 Em "Bom dia, Sr. Mandela" o leitor é apresentado de forma sincera, pessoal e respeitosa às experiências inesquecível vivenciadas pela autora e ex-secretária pessoal de Nelson Mandela.

A forma como Zelda escreve, torna todo o relato muito marcante a respeito do dia-a-dia do homem que se tornou o símbolo contra a intolerância racial no mundo. Lições de vida são ricamente detalhadas, fazendo  com que o leitor tenha uma dimensão do que realmente Madiba (Mandela) foi para uma nação e para o mundo.

Nas primeiras páginas, a autora faz algumas considerações importantes sobre o livro, deixando claro a influência que Mandela teve em sua vida e nos demais que o rodeavam. Os anos de convivência estabeleceu entre eles uma relação muito fraternal. Prova disto, é que Zelda o chama, a todo momento, de Khulu (avô) e Nelson a chamava de Zeldina.
No decorrer da narrativa, conhecemos a vida individual de cada um, assim como, seus acertos e erros. Somos apresentados, também, a família de Zelda - de forma um pouco superficial - em que vemos a dificuldade e questionamentos no que condiz as relações humanas, mais exclusivamente sobre questões raciais dentre outros confrontos.

Mandela e Zelda
Enquanto assistente de Mandela, Zelda é bastante persistente, organizada, comprometida, dando mais atenção a sua vida profissional do que pessoal. Afinal, grandes atitudes são baseadas em grandes decisões que podem ou não mudar o rumo das pessoas envolvidas. Em se tratando de Mandela, todo cuidado era pouco. A eficiência de Zelda era essencial para que os objetivos traçados por Madiba fossem alcançados.

Achei o livro bem interessante, apesar de não gostar muito de leituras biográficas. Além disto, "Bom dia, Sr. Mandela" deixa a lição de que o ser humano precisa ter sempre uma inspiração, esperança e perseverança para conquistar seus sonhos. Este é um livro que faz o leitor refletir e repensar sobre os próprios conceitos. Portanto, para quem curte... fica a recomendação.

Bjins e inté. 

O Post [RESENHA] "Bom dia, Sr. Mandela" de Zelda la Grange | Por Mac Batista  apareceu primeiro em  Apenas Impressões Literárias . 

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...