[CINEAIL - Especial OSCAR 2015] "O Abutre" de Dan Gilroy por Mac Batista"


Sinopse: Louis Bloom (Jake Gyllenhaal) é um jovem determinado que sempre está em busca de fortes emoções. Um dia, quase por acaso, Louis descobre o mundo em alta velocidade do jornalismo sensacionalista, onde equipes de filmagem freelanches gravam imagens de crimes e acidentes chocantes para depois vendê-las para telejornais. Em busca das cenas perfeitas, ele é capaz de arriscar a sua e a vida de outras pessoas.

O ABUTRE (NIGHTCRAWLER)
Dirigido por: Dan Gilroy
Elenco: Jake Gyllenhaal, Rene Russo, Bill Paxton, Ann Cusack
Origem: EUA, 2014, 16 anos
Indicado ao Oscar 2015, na categoria "Melhor Roteiro Original"

Por Mac Batista

"O Abutre" é um filme sombrio de atmosfera pesada e cruel, que aborta as questões que envolvem os males da mídia moderna e como a sociedade, nos dias atuais, é a maior incentivadora e consumista deste tipo de notícia por todo o mundo, sempre interessados em cenas chocantes e violentas.

Louis Bloom (Jake Gyllenhaal) é um homem com problemas de socialização. De olhar frio e sombrio e que tenta esconder o lado obscuro de sua personalidade sempre dizendo palavras positivas. Apesar de seus esforços para aparentar inocência e simpatia, Bloom não consegue esconder o abismo de suas concepções diante da vida.

Desempregado e sem amigos, Louis busca por uma oportunidade para ganhar dinheiro fácil e rápido. E é quando ele testemunha um acidente e, posteriormente, a performance de um paparazzi. Então, ele resolve se embrenhar pelo mundo das notícias midiáticas, se especializando em furos sensacionalistas. 

No entanto, estes furos não são sobre as celebridades, como a maioria destes "profissionais" costumam fazer, mas das tragédias urbanas: roubos seguidos de morte, perseguição policial, acidentes de carros etc. O tempo todo o filme faz várias  críticas à este meio através  da conduta de Louis Bloom. Uma delas é quando ele adquiri seu primeiro equipamento de filmelagem, depois de roubar uma bicicleta.

A falta de moralidade ou consciência transforma Bloom de um simples anônimo a um fenômeno. Ele não somente captura imagens chocantes, Louis se torna perito em manipular uma cena de crime quando ninguém está por perto. Provoca incidentes para que possa ser o primeiro a chegar no local, além de filmar estas tragédias em closes para lá de absurdos.

"se você está vendo uma câmera, provavelmente está tendo o pior dia de sua vida"(Louis Bloom)

Conforme a trama se desenrola, percebemos que não existem limites para protagonista. Ele faz qualquer coisa para conseguir as "melhores imagens". E quanto mais chocantes forem, maior é o seu lucro. Não se iludam, Louis Bloom é um homem totalmente sem escrúpulos. 



Dan Gilroy escreveu um roteiro muito inteligente e passou a sua mensagem na medida certa. Com certeza, mereceu a indicação na categoria de "Melhor Roteiro Original". E, apesar do que muitos possam imaginar, existem sim uma crítica sutil em relação a este tipo de prática: o consumismo do sensacionalismo. E deixa bem claro que todos (a sociedade, os paparazzis e as emissoras) seguram, em suas mãos, a fatia do bolo. Por outro lado, fica nítido também a questão da oferta e demanda, afinal, o telejornalismo compra e vende o quê o público quer assistir.

Enfim,"O Abutre" é um filme, no mínimo, incômodo e recheado de um humor negro que apenas mostra a realidade do cotidiano sombrio do telejornalismo. Com um elenco a contento e fotografia que condiz com o tema, o filme é  recomendado.


Curiosidades:

  • Jake Gyllenhaal perdeu 15 quilos para interpretar o paparazzo Lou Bloom.
  • Para a composição de seu personagem, o ator acompanhou a rotina de paparazzi que perseguem ambulâncias.
  • Durante as filmagens, Jake Gyllenhaal bateu a mão num espelho e ficou com um corte profundo e teve de levar pontos.
  • O diretor Dan Gilroy e a atriz Rene Russo são casados desde 1992.
  • Abutre teve orçamento de US$ 8 milhões.

Assistam ao trailer:


O post  [CINEAIL - Especial OSCAR 2015] "O Abutre" de Clint Eastwood - Por Mac Batista apareceu primeiro em  APENAS Impressões Literárias .

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...