[RESENHA]"Atrás do Espelho" de A. G. Howard por Eleni Rosa

Sinopse: Em O Lado Mais Sombrio , a releitura dark de Alice no País das Maravilhas , Alyssa Gardner foi coroada Rainha, mas acabou preferindo deixar seus afazeres reais para trás e viver no mundo dos humanos. Durante um ano ela tentou voltar a ser a Alyssa de antes, com seu namorado, Jeb, sua mãe, que voltou para casa, seus amigos, o baile de formatura e a promessa de ter um futuro em Londres. No entanto, Morfeu, o intraterreno sedutor e manipulador que povoa os sonhos de Alyssa, não permitirá que ela despreze o seu legado. O mesmo vale para o País das Maravilhas, que parece não ter superado o abandono. Alyssa se vê dividida entre dois mundos: Jeb e sua vida como humana... e a loucura inebriante do mundo de Morfeu. Quando o reino delirante começa a invadir sua vida real , Alyssa precisa encontrar uma forma de manter o equilíbrio entre as duas dimensões ou perder tudo aquilo que mais ama.
   
Autora: A. G. HOWARD/ Título: Atrás do Espelho/ Selo: NOVO CONCEITO/ Ano: 2014
Gênero: FANTASIA/ Clique aqui e adquira o seu!/ Leia o primeiro capítulo deste livro, aqui.

 
Resenha: Enquanto pensava que demoraria ler o próximo livro de A. G. Howard, eis que cai em minhas mãos ‘Atrás do Espelho’. Um  verdadeiro presente dos deuses.  Os apaixonantes personagens de Alyssa, Morfeu e Jeb ressurgem mais enigmáticos, mágicos, questionadores, apaixonados, confusos e loucos que antes.  Não se trata da realidade fantástica, como no primeiro livro, somente no reino da fantasia, mas é a visão do que poderia acontecer se o mundo fantástico invadisse a nossa realidade trazendo toda sua bizarrice e fábulas e movimentasse as estruturas do factual. 

Isso mesmo, se no primeiro livro a história se passa exclusivamente no ‘Reino do País das Maravilhas’ dessa vez Morfeu e sua trupe invadem o mundo real. Excelente à ideia da autora, apesar de achar que já estou farta da mesmice da realidade e prefiro, com certeza, viver a loucura e o caos das ‘Maravilhas’, à desordem absoluta em um lugar incomum. 

A trama começa revelando que Alyssa Gardner , após um ano da aventura no mundo intraterreno e mesmo tendo sido coroada Rainha no País das Maravilhas, tenta seguir sua ‘vidinha’ normalmente - cheia de planos com seu namorado Jeb - que às vezes a preocupa por estar focado na profissão e feliz por ter conseguido unir a família, com a saída de sua mãe do sanatório. E, apesar embora no relacionamento mãe e filha, nem tudo são flores. 

Depois da aparente normalidade, Morfeu, inicialmente, vai reaparecer nos sonhos de Alyssa para tentar avisá-la que o ‘País das Maravilhas’ precisa urgente de sua rainha, pois corre perigo, mas Alyssa decide ignorá-lo. E como um velho ditado conhecidíssimo: “Se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé”. E é exatamente isto que Morfeu faz. Como sua rainha não vai até ele, Morfeu vem voando até ela. É possível imaginar o caos em que é transformado o ‘mundinho’ de Alyssa. 

A autora foi muito feliz na criação do personagem Morfeu, neste livro ele está mais surpreendente, ele é a história. Sua sagacidade, sua falta de ética e moral, sua sedução, sua manipulação, sua inebriante confusão entre o bem e o mal que atordoa o leitor, ele está mais apaixonante que antes. Sem esquecer que dessa vez Morfeu está se importando mais como os sentimentos e seus segredos são revelados, em relação a sua veneração por Alyssa.

Nossa! Quantos enigmas são revelados nesse livro! Quando pensamos ter descoberto tudo...seguuuuuuuura, pois mais e mais mistérios são descobertos . E para ajudar a abrir essa caixa de pandora, onde tudo está guardado,  contamos com a participação ativa de  Alyson, mãe de Alyssa. É com ela que tais revelações são desencadeadas. 

Não posso revelar tudo, pois o segredo é a alma do negócio. O que posso afirmar é que Atrás do Espelho é uma livro que tem que ser lido...e rápido. Pensar que somente em 2015 será lançado o 3º livro da série...até lá teremos que aguardar o ‘gran finale’ desse triangulo amoroso completamente louco. Ah! Se alguém me questionar por que não falo de Jeb? A minha resposta é simples; ele é um príncipe encantado,  bonzinho demais, bonitinho demais, cavalheiro demais e totalmente fora da realidade, desculpe-me!

Adendo: Não há como não mergulhar nesse mundo. Tudo que A. G. Howard escreve é mágico, de uma criatividade indescritível, uma originalidade que a aguça nosso apetite por ler cada vez mais. Como uma feiticeira ela nos embriaga com suas poções de palavras cheias de encantos. Apesar de toda engenhosidade, em um contesto geral, o meu "10" vai para o primeiro livro O Lado Mais Sombrio, calma, não quero menosprezar Atrás do Espelho, mas para ele deixaria escapar  um "9,5". Eu explico, como escrevi acima, no primeiro parágrafo, nesse livro a revolução ocorre em nosso mundo, eu preferia a loucura exacerbada do país intraterreno. 

Bjs e ótima leitura, Eleni Rosa.

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...