[RESENHA] Samba Futebol Clube, por Eleni Rosa

Eu nunca assisti a uma partida de futebol. Sim, nunca entrei no Maracanã, templo da arte dos dribles, para torcer pelo meu time. E muito menos estive em São Januário casa do Vasco da Gama, time ao qual afirmo torcer desde criancinha.

Mas mesmo sem conhecimento de causa, porém com muita paixão -  afinal trago no sangue o fervor do meu pai, grande torcedor, e também sou prima de ‘quase futuros craques’, do interior do Rio de Janeiro- por isso vi com bons olhos a possibilidade de me divertir assistindo Samba Futebol Clube.
Afinal o coração sempre bate mais forte quando o assunto é futebol.
Com a curiosidade falando mais alto, e quando há um encontro tão harmônico quanto o samba e a bola, foi impossível ficar de fora, então, lá fui eu assistir ao Musical Samba Futebol Clube, no CCBB, mas sem grandes expectativas.
Na primeira cena, minha paixão nacional se revelou instantaneamente. A peça tem início com a narrativa de uma partida de futebol pelo rádio, mostrando a dobradinha ímpar que esse veículo sempre possuiu com a bola, seu templo e todos os seus torcedores e craques.
Um adendo - sou apaixonada de carteirinha pelo rádio e quando a cena começou minha memória fez uma verdadeira viagem – as transmissões das partidas pela rádio na frequência AM, os locutores, os jabás, as chamadas...a rapidez da narração, o humor com os jogadores e com o público. Simplesmente emocionante. A partir daí eu tive a certeza de que Samba Futebol Clube seria diferenciado.
O Musical tem como autor, ator e diretor Gustavo Gasparani, idealizador do projeto que foi muito feliz ao unir música e futebol, ou vice e versa. O espetáculo combina teatro, dança, vídeo e muita música. E claro tudo misturado ao clima de Copa do Mundo que estamos vivendo, nada mais conveniente para elevar o placar. Casa lotada e ingressos esgotados.
Renato Vieira assina a coreografia composta por gestos, trejeitos, cacoetes... tudo retirado de personagens originais de uma partida no Maraca, Morumbi, Mineirão, mesclando jogadores e torcedores, transformando tudo em um baile  divino. 
Como diretor musical está no comando Nando Duarte, que dá o toque especial aos acordes.
Para essa partida Gustavo Gasparani convocou um time de peso: Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Luiz Nicolau, Pedro Lima e Rodrigo Lima, todos batem um bolão como atores e músicos no palco.
O diretor conta com muita poesia, além da música, para retratar o mundo da ‘Gorduchinha’, as ligações com o  Samba, MPB e Bossa Nova, são feitas juntamente com citações de Nelson Rodrigues, Carlos Drummond de Andrade, Ferreira Goullar, todos focados na bola. 
O espetáculo une vídeos com imagens de jogadores e cenas de jogadas memoráveis –ilustrado com rock, sertanejo e hip hop. É possível recordar clássicos de Pixinguinha, Moraes Moreira, Rappa e explodir ao som de Jorge Bem Jor e Skank. O leque é eclético como times e torcidas – vivenciamos os times cariocas: Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo e muitos outros.
A história passa pelo interior, na roça, no jogo de várzea. Desembarca na infância e no sonho redondo de tantos meninos, aterrissa no estádio com os grandes craques e flameja como as grandes bandeiras de variadas torcidas fervorosas, vive o pênalti, as desilusões e finalmente explode com o gol. Quem assiste ao espetáculo embarca em uma viagem e vive/ revive cada lance, cada passe, lençol, caneta, chapéu, esmaltada e firula. Cada momento é cravado, com muita emoção, na mente de cada espectador.
Apesar de tanta alegria o roteiro faz uma reflexão sobre a fragilidade desses craques diante da derrota, a final o futebol não traz apenas os estelares existem os esquecidos, os perdidos nesse mundo tão efêmero.
Está aí um espetáculo surpreendente e indicadíssimo. Mas tem que correr, pois a temporada no CCBB termina dia 14/07/2014.
Serviço:
Samba Futebol Clube
Local: CCBB Rio – Centro Cultural Banco do Brasil
End.: Rua Primeiro de Março, 66 - Centro - RJ
Temporada: 22 de maio a 14 de julho
Dias/Horário: De quinta a segunda ás 19:30
Duração: 120min com o intervalo de 15min.
Classificação: 10 anos

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...