[RESENHA] "Perto de Você", de Bella Andre, por Stef Rhoden

Sinopse: Ser milionário e famoso nem sempre é o suficiente. Smith é um astro de Hollywood que tem o mundo aos seus pés, mas sente que falta alguma coisa.
Cada um dos seus irmãos está encontrando o par perfeito, e ele não quer mais ficar por aí, saindo com beldades que não significam nada depois que a noite termina.
Mesmo sendo a mais discreta e fria das mulheres, Valentina acaba chamando a atenção de Smith. Imediatamente, o galã investe na sua conquista, mas esse desafio o não será tão simples de vencer. Será que o charme dos irmãos Sullivan não é mais o mesmo?


"Perto de Você", de Bella Andre
349 páginas | Romance | Ed. Novo Conceito

Trecho: "- Aceite sair comigo, Valentina.
O pânico tomou conta dela de imediato, com as principais cenas de qualquer 'relacionamento' que um dia viriam a ter passando tão claro quanto as cenas ainda não editadas que ela vira de manhã. Caso se deixasse ser fisgada para um encontro e depois para a cama dele (quem poderia um dia sair com Smith sem implorar para fazer amor?), ela não tinha dúvida de que, apesar de odiar tudo sobre os holofotes e a fama que faziam parte da vida dele, ficaria enlouquecida de paixão... alguns momentos antes de seguir adiante para o próximo file, para o próximo set, para a próxima mulher que se apresentasse como um desafio. Por tudo isso, Valentina fez questão de que sua resposta fosse tão direta quanto a pergunta dele:
- Não". 

Resenha: Então, quando chegaram os livros da Editora Nova Conceito, eu fui direto no próximo livro de Bella Andre. Eu sabia que ele daria continuidade à história de Smith Sullivan, o sétimo dos irmãos a se apaixonar, como veio a dica no final do livro anterior, "Quero ser seu". 

Smith Sullivan é o irmão estrela de cinema. Ele é retratado mais ou menos como um Brad Pitt: homem lindo, maravilhoso, tudo de bom, perfeito. Conhecido no mundo inteiro por seus filmes. Fez fama ainda adolescente, mas logo mostrou que não era apenas mais um rostinho bonito em Hollywood. Hoje, aos 36 anos, ainda é solteiro por não ter conhecido "a mulher" - embora o livro diga que ele passou o rodo nas beldades e modelos de Hollywood. Além de várias fãs, claro. 

Já Valentina é irmã de Tatiana, uma outra estrela de cinema. As duas perderam o pai muito cedo e a mãe meio que se afastou, o que fez a irmã mais velha, Valentina, parar a faculdade e cuidar da carreira da irmã, que estava ainda entrando na adolescência quando começou a ficar conhecida. Tatiana é descrita como linda, uma beleza clássica de Hollywood, enquanto Val é exótica e esguia. É uma mulher bastante firme e racional. E é por ela que Smith se encanta.

Os dois se conhecem porque Smith vai dirigir seu primeiro filme, cujo roteiro também é dele. E ele quer que Tatiana seja seu par romântico, uma garota jovem de apenas 18 ou 19 anos - isso não fica muito claro. Valentina é a empresária da irmã e não dá boa vida a Smith. O que eu quero dizer com isso? Logo no primeiro capítulo, após filmarem a primeira cena, Valentina arrasta Smith até seu trailler e dá um aviso muito sério a ele: que fique longe de Tatiana, pois ela não é como um de seus muitos casos. 

Essa firmeza de opinião, essa coisa dela se manter tão distante como mulher, quando está trabalhando, simplesmente encanta Smith. E ele começa a tentar conquistar Valentina. 

O que eu achei de tudo isso? Achei o romance uma gracinha, tanto quanto o anterior. Gostei de ver Vicki de novo, no meio das irmãs Sullivan, tentando colocar Valentina na família. É um bom entretenimento, bastante romântico, água com açúcar e simplesmente Sabrina, cheio de finais felizes. Muitos, na verdade. Como um conto de fadas moderno. É neste livro que Sophie, a irmã queridinha de Smith, dá a luz aos seus gêmeos numa cena muito bonita de se ler. 

Mas, ao mesmo tempo, achei algumas incoerências. Achei que Valentina cedeu muito fácil aos encantos de Smith. É certo que ele é um Brad Pitt, mas ela tinha pavor de atores, portanto, esperei que ela seria mais firme do que realmente é. Smith é um homem muito delicado e bastante atencioso com os fãs e as pessoas em geral, mas também é retratado como um cara que não tem muita paciência para esperar e que vai atrás do que quer. Mas eu não vi isso! Bom, ele vai atrás de Valentina. Em momento algum há dúvidas de que ele a ama e quer conquistá-la. Mas quem já leu um Christian Grey e vê o que um homem impaciente e determinado faz, não compra a briga por Smith, muito delicado e atencioso, sempre. 

Enfim, para quem quer ficar suspirando, a história de Smith e Valentina dá um bom conto de fadas, sobretudo por ser ambientado em Hollywood, o nosso mundo dos sonhos atualmente. E eu estou curiosíssima para ler o próximo livro dos Sullivan... 

Até a próxima!

Stef 

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...