[RESENHA]"O Mundo pelos Olhos de Bob" de James Bowen



Sinopse:Depois de um passado difícil, James foi adotado pelo gato Bob. Agora os dois têm um emprego de verdade (são vendedores ambulantes de revistas) e se tornaram personalidades conhecidas em toda Londres. Bob tem muitos admiradores, que passam todos os dias para vê-lo – alguns deles trazem cachecóis de lã para ajudá-lo a enfrentar os dias mais gelados. Entre truques adoráveis e manhãs de puro mau humor, Bob e James se tornam cada vez mais inseparáveis. Por trás da divertida história de um homem às voltas com seu animal de estimação, o segundo livro de James Bowen fala sobre amizade, ¬ delidade e esperança. Bob se torna a chave que traz James de volta ao mundo, a motivação que faltava para sua decisiva volta por cima. Impossível terminar de ler O mundo pelos olhos de Bob sem querer abraçar seu pet – ou adotar um! Apaixone-se...



Resenha: Sou eclética quando o assunto é leitura, porém uma eclética seletiva. Não gosto de ler modismos/Best-seller, chego a ser cética com  relação ao frenesi de leitores por literaturas midiáticas. Tudo bem, há um percentual que detém qualidade e vale cada sílaba, mas... Minha degustação pelas letrinhas mágicas passa por ‘O Invasor’, ‘O Caçador de Pipas’, ‘Clube da Luta’, ‘Alô Chics’, etc. É um paladar variado, são autores clássicos como Jorge Amado, José Saramago e novos como Leandro Narloch e Chico Buarque.



Ao terminar meu ensino médio, dei um basta nas leituras obrigatórias, permitindo apenas as imposições didáticas do ensino superior.  Para iniciar uma nova leitura penso no assunto, admiro uma capa, um título, passo os olhos pelo conteúdo, depois ... bem depois dessa apreciação poderei adquirir ou não a obra. E por este motivo, tive a maior dificuldade para iniciar a leitura dos 3 livros que estão sob minha responsabilidade de resenhar para a AIL.

Depois de muito postergar optei por uma capa, sério... O Mundo Pelos Olhos de Bob. Minha escolha foi praticamente simples...adoro gatos e este livro traz um gato amarelo, majestoso, lindo na capa.



Minhas primeiras páginas foram aterrorizantes, maçantes, desinteressantes – descobri que sou muito crítica. Mas continuando a leitura comecei a ter uma visão diferente e a leitura começou a ganhar outro sabor.No início lembrei-me de um diário: Dia 22, Bob brinca com sacos, dia 23, Bob faz necessidades fisiológicas, dia 24, Bob caça ratos, dia 25, Bob encanta os compradores da revista. Mas, felizmente, quando a história começa a ganhar corpo e o autor tempera cada parágrafo com sua história de vida, assim tudo ganha sentido.

Não li o primeiro livro: Um Gato de Rua Chamado Bob, então não posso comparar uma narrativa a outra. Mas de fato o que mais chama atenção no livro é o sentimento de um ser humano por um animal e vice-versa, além é claro da contribuição desse mutuo convívio.



O cotidiano dos dois é recheado por uma verdadeira matemática de curvas ascendentes e descendentes. Há semanas que a dupla vende muitas revistas e todos tiram fotos de Bob, no próximo dia tudo pode mudar como a ida de Bob ao veterinário ou a internação de James em um hospital. São variações que lembram o clima londrino, afinal o dia pode estar lindo, mas, de repente, vem à chuva para quebrar o todo o clima.



A leitura nos faz entrar em uma aventura junto com Bob e James. Pode ser divertido andar de bicicleta com no Bobmóvel ou simplesmente rir das gracinhas do bichano.



“Bob, o que você está aprontando agora? – perguntei, pegando uma toalha para secar o cabelo enquanto ia averiguar.

Não pude deixar de rir diante da visão que tive.

Bob estava postado no meio do chão da cozinha com uma lata vazia de comida de gato enfiada no topo da cabeça.”




Porém há situações de perigo e surpresas não muito agradáveis que nos deixam em suspense.


O livro também nos leva a examinar o drama que moradores de rua podem enfrentar: em um momento surgem pessoas que estendem a  mão e fazem a pessoa ter esperança enxergando um novo horizonte e em outro pode-se deparar com punguistas, defensores da ordem pública, defensores de animais ou simples espertinhos que podem tornar o dia extremamente desagradável.



“ – Senhor Bower, receio que tivemos uma denúncia de agressão feita contra o senhor. É um assunto sério, por isso, vamos pedir que nos acompanhe até a delegacia de polícia para responder algumas perguntas – “

Porém, o mais significativo do livro é a história de superação de um dependente químico com seu supergato que, claro acaba virando livro.

“...ele por vezes intensifica a ofensiva de charme e faz o que chamo de “Gato de Botas”. Como o personagem nos filmes do Sherek, ...me encarando com seus olhos verdes penetrantes e arregalados. É fofo de cortar o coração.”



Sabe aquelas histórias comuns, mas que acabam virando livro de sucesso e posteriormente filme: Erin Brockovich, O Jardineiro Fiel, Madame Satã, Olga, Bruna Surfistinha ...Bob e James Bowen podem ser classificados nesse nicho. Claro, que um outro tipo de aventura e drama.


Para os que amam animais....vão adorar e aqueles que gostam de uma estória de superação - acreditando podemos conseguir ultrapassar as dificuldades - podem acreditar, terão uma boa, leve, fácil, fluida leitura.



‘O Mundo pelos Olhos de Bob’... fato, vida, sonho, esperança e superação... interessante.

Por Eleni Rosa

10 comentários :

  1. Quero muito ler este livro!
    Sempre vejo ele nas livrarias mas normalmente tenho outra prioridade de compra.
    Espero poder ler em breve!
    Bjoss

    http://www.fotografiaeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Lindo lindo lindo. Que historia linda. Ja vi algumas materias sobre eles e quero muito poder ler o livro inteiro! amei!

    ResponderExcluir
  3. Já tinha ouvido falar do livro.
    A resenha combina perfeitamente com o que ouvi!
    Acho que agora quero ler!

    ResponderExcluir
  4. Tenho o primeiro livro da série, ainda não pude ler, mas amo animais e tenho certeza que de alguma coisa nele eu devo gostar, nem que for só dessas capas fofas!

    Miquilis

    ResponderExcluir
  5. Que linda história, me lembrou um pouco do filme Sempre ao Seu Lado ;) muito linda a história...ainda mais que envolve animais, nossos melhores companheiros...a história demonstra muito isso! Amei *-*

    ResponderExcluir
  6. O Bob me ganhou desde o primeiro momento que vi seu focinho na capa do primeiro livro! Ele é uma paixão e para quem ama felinos como eu, estes livros são um sonho!

    ResponderExcluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, amo gato, amo uma história de superação e esse livro parece ser bem emocionante!

    ResponderExcluir
  8. Eu sou completamente encantado pelo gato Bob, e acho que James escreve brilhantemente, li Um Gato de Rua Chamado Bob e simplesmente o devorei em um único dia, é uma leitura leve, descontraída, engraçada e até mesmo dramática. Quero muito ler esse novo livro do James, e ainda espero um dia conhecer Bob pessoalmente.

    ResponderExcluir
  9. Eu estou doida para ler este livro, amo gatos e então estou muito empolgada !! A história deve ser linda.

    ResponderExcluir
  10. Li o primeiro livro do Bob e fiquei completamente apaixonada! É incrível como uma bolinha de pelos pode mudar tanto a vida de um homem. Mal posso esperar para ler essa continuação maravilhosa :D

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...