[LANÇAMENTOS & NOVIDADES # 37] "A Casa da Cristaleira" Editora Baraúna

“A casa da Cristaleira” é o novo suspense publicado pela Editora Baraúna



No próximo mês a Editora Baraúna lançará uma incrível obra de suspense, “A casa da cristaleira”, do autor. J.r. Digenio.

A obra narra a história de uma familia, os Parkers, que após sofrer um grande trauma, encontram-se insatisfeitos com o rumo de suas vidas, por isso decidem se mudar para os Estados Unidos em busca do sonho americano.

Os Parkers vão morar em uma linda casa em Nova Jersey. Dentro do local existe uma cristaleira aparentemente antiga, mas que ainda mantém seu intenso brilho e encanto. Will Parker não sabia o motivo do tamanho de seu fascínio pelo objeto, assim como ficava curioso e assustado com os fenômenos sobrenaturais que ocorriam nas noites de lua cheia naquela cidade.

Ao mesmo tempo, crianças estavam sendo raptadas na região e a polícia não tinha nenhuma pista, o que fazia a população se sentir insegura e descrente nas autoridades. Nesta época, Will passa a ter visões sobre esses estranhos desaparecimentos e sofre por não ter certeza se são reais, porém, em sua busca por uma resposta acaba sendo considerado o principal suspeito dessa misteriosa trama onde, literalmente, as aparências enganam.

______________________________
________________
O autor
J.r. Digenio nasceu e foi criado na cidade de São Paulo. Formou-se em Administração de Empresas, é empresário e inventor por natureza, tendo exercido diversas outras atividades antes de dedicar-se inteiramente a esse mágico e delicioso mundo da escrita, onde a realidade e a fantasia se encontram. Apaixonado pelo sobrenatural, A Casa da Cristaleira é seu romance de estreia.

Fonte: Editora Baraúna

[PROMOAIL] Promoção "Por Odin, #impressionautas!"

Tem nova promoção no ar!!! Pra vocês que adoram ganhar brindes, revistas, livros, DVDs etc, a dica é ficar ligado em nosso site! Aproveitamos a estreia de "Thor - O Mundo Sombrio" nos cinemas e entramos no clima "asgardiano"..

A nova #promoAIL - também é uma promoção relâmpago, de curtíssima duração - chama-se "Por Odin, #impressionautas!".
Imagem promocional para ser compartilhada
em seu perfil do Facebook junto com o link da promoção
Como de costume, somente UM(A) ganhador(a) com as bênçãos de Asgard levará pra casa 01 kit contendo esses brindes dos personagens da Marvel Comics:

- 01 Edição Especial Encadernada (quadrinhos) "Loki", escrito por Robert Rodi e lindamente ilustrado por Esad Ribic - que mostra o vilão Loki finalmente vencendo Thor e Odin, virando regente de Asgard;
- 01 DVD (animação) "Thor - O Filho de Asgard" (capa ilustrada por Alex Ross) - que mostra um pouco da adolescência de Loki, Thor, Sif e outros personagens icônicos!
- Marcadores diversos (e alguns são EX-CLU-SI-VOS!!!);

Deem só uma olhada no kit da promoção:

Os brindes e os marcadores de livro...
Somente UM (A) #impressionauta ganhará!
Para ganhar, basta seguir o regulamento abaixo (mas para computar sua participação É OBRIGATÓRIO o preenchimento através do formulário ABAIXO via Rafflecopter, ok?):

a Rafflecopter giveaway

Regras Obrigatórias
- Ser morador do Brasil ou, pelo menos, ter um endereço de correspondência situado em território brasileiro;
- Seguir o A.I.L no "Google Friends Connect" (coluna "Seguidores", à direita, clique em "Participar deste site" e use o login do Gmail, Twitter ou Yahoo para seguir - isto será verificado);
- Comentar nesta postagem, confirmando a participação nesta promoção;
- Compartilhar a imagem da promoção e o link deste post no seu perfil do Facebook em status "PÚBLICO" (não esqueça de colocar o link de seu compartilhamento - basta entrar em seu perfil e clicar com o botão direito no horário do compartilhamento, conforme imagem ABAIXO);

Para selecionar o link do compartilhamento,
basta seguir a orientação conforme imagem acima
Considerações Finais
-  Se o vencedor não seguir as regras, será feito um novo sorteio;
-  Se o ganhador não enviar, em até 48 horas, seus dados completos (nome completo, telefone para contato e endereço com CEP) para nosso e-mail, um novo sorteio será realizado;
- Não aceitaremos participações de perfis fakes. Temos como conferir o IP de cada entrada, evitando que alguém faça várias participações com nomes diferentes (se acontecer, faremos um novo sorteio, ok?);
-  Divulgaremos o ganhador aqui em nosso site. Portanto, ao comentarem neste post, deixem e-mail para contato!
-  O prazo máximo de envio dos brindes ao vencedor será de até 45 dias úteis (contados após a divulgação do resultado do sorteio e confirmação dos dados do vencedor);

Então, aproveitem pois esta #promoAIL é válida somente até 30/11/2013 às 11:59h da manhã! O resultado sai no dia 02/12/2013 , ao meio-dia e meia em ponto!

Compartilhe com os amigos, vizinhos, parentes... Enfim, todo mundo precisa ficar sabendo da promoção, ok? Boa sorte a todos! (Equipe AIL)

[AILNEWS] Novo filme do Jurassic Park vai se passar 22 anos depois do original

Informação foi dada pelo diretor Colin Trevorrow no Twitter

 O diretor do novo filme da série Jurassic Park, Colin Trevorrow, revelou através de seu perfil na rede social Twitter que Jurassic World se passará 22 anos depois do original. A informação foi dada em resposta a um fã:

É uma nova aventura sci-fi de horror que se passa 22 anos depois dos terríveis eventos de Jurassic Park - disse ele.
Poucos detalhes foram revelados sobre a trama, só se sabe alguns nomes do elenco. Ty Simpkins (Homem de Ferro 3), Bryce Dallas Howard (Homem-Aranha 3), Nick Robinson, (The Kings of Summer) e, possivelmente, Irrfan Khan (As Aventuras de Pi) estão confirmados.

Jurassic World deverá chegar aos cinemas no início de 2015.
Fonte: R7.com

[DIVULGAIL] Evento Anime Happy Party agita Duque de Caxias / RJ!!!

Anime Happy Party
E o último grande evento de anime em Duque de Caxias / RJ será o Anime Happy Party - organizado pela DaMatrix Digital (a mesma empresa que realizou o Anime & Ação - Baixada) - que acontecerá nos dias 30/11 (sábado) e 01/12/2013 (domingo), a partir do meio-dia.


E este é um tipo diferente de todos os eventos que você possa ter ido pois é um "evento-gincana", cheio de atividades para aumentar a interação do público!

Haverá um sorteio de 01 videogame PS4 (Playstation), além de concurso de cosplay, torneio de videogames diversos, torneio de k-popper, stands variados (como o da Loja Comix), apresentação do vlogger Gustavo Mint (Apenas Mint) e do DJ Masa!
DJ Masa
Além disso, teremos uma palestra com o dublador Yuri Calandrino (do seriado Game of Thrones)... Confira abaixo a programação oficial:

O evento será realizado no Clube dos 500 (localizado na Av. Presidente Vargas, 477 - Bairro 25 de Agosto) - saiba como chegar clicando aqui!

Para maiores informações, clique aqui!

[DIVULGAIL] Programação de Dezembro / 2013 no Teatro Municipal a R$ 1!!!

Pra quem gosta de curtir música de qualidade, a boa notícia é que o Teatro Municipal do Rio de Janeiro abriu a temporada da programação de eventos de Dezembro / 2013 com ingressos a R$ 1!
Cultura e lazer para toda a família por apenas R$ 1!
A temporada começa a partir do dia 1º de Dezembro já com a Orquestra Sinfônica Brasileira apresentando o tradicional "Concertos para a Juventude", comemorando dois séculos de existência da sétima sinfonia de Beethoven. Os ingressos são vendidos apenas no dia do evento nas bilheterias do local, a partir das 10h da manhã. A apresentação começa às 11h.

Para maiores informações, clique aqui ou ligue para (21) 2332-9191 ou 2332-9134.

Fonte: Teatro Municipal do Rio de Janeiro

[DIVULGAIL] Começa HOJE Comicmania 15!!!

Para quem sempre reclama que o estado do Rio de Janeiro não tem eventos de quadrinhos, é hora de comemorar e prestigiar o Comicmania 15 - Décima Quinta Convenção Internacional de Quadrinhos do Rio de Janeiro, que acontece entre os dias 22/11 a 01/12/2013, de 10 às 20h, no Castelinho do Flamengo (localizado na Praia do Flamengo, 158).

A entrada é franca, como deve ser... Dê uma olhada no cartaz abaixo:
Cartaz oficial do evento Comicmania 15
O evento promete trazer o estilo de convenções norte-americanas, com autores, artistas e profissionais dos quadrinhos em mesas conversando e divulgando seus trabalhos com o publico visitante. Haverá também uma programação de video com 16 horas de filmes de super heróis produzidos por fãs que se destacam na internet e em eventos americanos, com muita coisa rara e inédita no Brasil. Além disso, teremos estandes de várias gibiterias e quadrinistas alternativos expondo seu trabalho.

Os destaques do evento Comicmania 15 são :

- Kyle Higgins - Escritor norte-americano que já trabalhou em gibis como Batman, Exterminador e Esquadrão Supremo (DC Comics). Entrou pra lista de best-sellers da The New York Times com dois volumes de histórias do Asa Noturna. Alem disso,também é roteirista e diretor de cinema, desenvolvendo o projeto " The League" (que será exibido uma prévia de 30 minutos do filme com exclusividade no evento);

- Olivier Coipel - Desenhista da Marvel Comics responsável pelo design mais recente do personagem Thor nos quadrinhos que acabou sendo utilizado nos filmes;
Olivier Coipel, desenhista de Thor
- Joe Bennett - Desenhista de diversos títulos como Homem-Aranha, Capitão América, Homem de Ferro, dentre outros (e nós já o entrevistamos! Clique aqui para assistir!);

- Daniel HDR - Desenhista oficial da revista X-Men Forever, Legião dos Super Herois, Mulher Maravilha, dentre outros títulos;

- Marcelo Salaza - CEO e agenciador do Pencil Blue Studio, onde agencia artistas de histórias em quadrinhos no Brasil e exterior. Estará lançando a segunda edição da revista Ultramix, com seu personagem Transmutor, dentre outros. Também trabalhou para editoras como Ronin, Zenescope, Viper Press (e nós também o entrevistamos! Clique aqui para assistir!);

Capa da nova edição da revista Ultramix,
que será lançada no evento
- Rod Reis - Colorista da DC Comics, trabalhou em títulos como Superman , Supergirl, Crise Infinita, Teen Titans, Aquaman , Liga da Justiça e muitos outros;

- Jack Jadson - Desenhista de Capitão América, Birds of Prey, Lady Death, dentre outros;

- Carlos Rafael - Desenhista de Battlestar Galactica , Highlander, Buck Rogers , Red Sonja, dentre outros;

John Calvet - Escritor da Cross Plain Publishing e autor da minisserie Twilight Girl. Dirigiu e produziu a serie de TV "Quadrinhos" para o Canal Brasil. Escreveu e dirigiu o filme baseado na não-publicada graphic novel "Who is the Midnight Girl ?", atualmente em fase de finalização.

[CINEAIL] "Serra Pelada", de Heitor Dhalia

Cartaz oficial
(Globo Filmes)
Sinopse: Uma jornada ao maior garimpo a céu aberto da Idade Contemporânea. Os amigos Juliano e Joaquim deixam o Rio de Janeiro em busca do sonho do ouro. O ano é 1978. Os dois chegam a Floresta Amazônica como tantos outros milhares de homens chegaram. Repletos de sonhos e ilusões. Mas a vida no garimpo muda tudo. A obsessão pela riqueza e pelo poder os destrói. Juliano se torna um gangster. Joaquim deixa todos os seus valores para trás. Uma história sobre a febre do ouro, sobre ganância e violência. Sobre uma grande amizade e seu fim.

Direção: Heitor Dhalia
Roteiro: Vera Egito, Heitor Dhalia
Elenco: Juliano Cazarré, Júlio Andrade, Sophie Charlotte, Wagner Moura e Matheus Nachtergaele


Resenha: Eu tinha apenas 12 anos de idade quando surgiu na tela da minha TV, ainda em preto e branco, as primeiras notícias do garimpo de Serra Pelada. Eram chamadas trazidas pela voz de Cid Moreira e Sérgio Chapelin, do Jornal Nacional, direto para todo o país.

Assim, falar do filme é reviver um fato histórico brasileiro e ao mesmo tempo poder revisitar o que as lentes do fotógrafo Sebastião Salgado captaram e jogaram as imagens para a visibilidade do mundo todo, lógico que só descobri Salgado, esse fotógrafo fantástico, bem mais tarde. Entendendo o período que ocorreu o fenômeno do maior garimpo a céu aberto do mundo: 1980, considerada a década perdida, pois é referência à estagnação econômica na América Latina; menor crescimento econômico, retração industrial, volatilidade de mercados, baixo crescimento do PIB e, no Brasil, fim do milagre econômico iniciado em 1970.

O país vivia com o fantasma do desemprego, índice alto de inflação e aumento da dívida externa. E continuávamos no período da ditadura militar, tendo no comando o General João Batista Figueiredo. Unindo essa pressão, com o desespero por melhores dias, é possível imaginar porque a descoberta de ouro no estado do Pará – com anúncio oficial da existência das jazidas em 1979 - levou milhares de migrantes a utopia da descoberta do metal precioso. Em duas semanas o local já abrigava garimpeiros de todo o Brasil atrás do sonho der ser milionário. A fama do garimpo virou fenômeno midiático que até filme dos Trapalhões foi rodado no local. Vamos ao que interessa...


Este filme conta a história do garimpo a partir da união de dois amigos, Juliano (Juliano Cazarré) e Joaquim (Júlio Andrade), que saem de São Paulo nos anos de 1980 para tentar a sorte no interior do Brasil.

Serra Pelada
realmente mexeu, e mexe, com a imaginação popular e o roteiro é bem alinhavado com realidade, ficção, toques de romance, uma boa mão de ambição, ganância, ação e aborda o psicológico humano, quando mostra a força do poder sem limites. O que os dois amigos pretendiam era muito simples: garimpar, ficar rico e voltar para São Paulo. A dupla é marcada por estereótipos bem definidos Juliano é o bronco, esquentado e resolve tudo na base da força. Joaquim, professor, frágil, com grande senso de justiça que deixa mulher e filho em Sampa pensando em conquistar uma melhor vida para a família. Chegando ao garimpo, no meio do nada, em plena mata amazônica, os dois descobrem que o Brasil todo pretende ficar rico – são mais de 30 mil homens no frenético sobe e desce de barrancos, nas escavações oníricas do metal precioso.


Homens sujos de lama, terra, esquálidos, cansados, mas com muita fome de mudança de vida. E naquele pedaço de terra desprovido de valores civilizatórios, onde brota os piores sentimentos do ser humano, cada dia que passa pode torna-lo um ser mais primitivo, piorando sua condição de homo sapiens. Destaque para Cazarré que leva o filme nas costas. A grande revelação é Sophie Charlotte, com uma estreia no cinema de tirar o fôlego, com cenas bem tórridas de deixar babando muito marmanjo. Matheus Nachtergaele, como sempre é primoroso em sua atuação. Mas de tirar o chapéu está Wagner Moura, com uma participação especial, porém rouba a cena quando aparece na telona, seu personagem é construído com toque de humor, sarcasmo e frieza de matador. O filme tem vários ingredientes: prostitutas, bandidos, mocinhos - foco social - quando aborda o início da AIDS e a discriminação contra gays, a miséria, corrupção e luta pela sobrevivência...um pequeno panfleto de gangster.

Serra Pelada lembra os fascinantes trailers de máfia. Há uma família de poderosos ‘capos’ que controlam o grande negócio do ouro (pode ser observado na cena no encontro dos bandidos à mesa, com Juliano em foco) e, como bons mafiosos, o negócio não se resume apenas ao ouro pois há ramificações nas drogas, no contrabando de armas e muita corrupção que, claro, a polícia está envolvida até o pescoço. A lei é clara, manda quem pode e obedece quem tem juízo.
Wagner Moura: irreconhecível!
Serra Pelada também lembra um faroeste com muito tiroteio. Uma das cenas marcantes está bem no finalzinho, contida no olhar de Juliano, na possibilidade de virar o jogo - situação comum para aqueles que se acostumaram a conseguir tudo, quando tem ao deleite o vil metal.

Ah, podem falar o que quiserem, que venham os estudos sobre a ‘cosmética da fome’, mas não achei o filme apelativo ou aproveitador, simplesmente realista. E essa é a realidade brasileira: é seca, favela, funk, forró, entre muitas outras coisas. Assim foi com Cidade de Deus, assim foi Central do Brasil. Quero ver alguém falar do livro “O Cortiço” levando para essa linha... ou Capitães de Areia!

Por isso afirmo: vale a pena assistir Serra Pelada, sim! (Eleni Rosa)

Trailer

[DIVULGAIL] Novo quadrinho de Vitor Cafaggi será lançado na FIQ 2013!

A Editora Panini Comics anunciou em sua fanpage no Facebook que lançará a coletânea inédita de tiras "Valente Por Opção", de autoria de Vitor Cafaggi (de Puny Parker e Turma da Mônica - Laços), no dia 16/11/2013, durante o evento FIQ 2013 - Festival Internacional de Quadrinhos!
Valente por opção, de Vitor Cafaggi
(Ed. Panini Comics)
E como se não bastasse essa ótima notícia, serão relançados os livros "Valente Para Sempre" e "Valente Para Todas", também de Cafaggi (cujos exemplares estavam esgotados), que surgiram primeiro como webtiras e depois acabou virando coletâneas, custeadas pelo próprio autor.

Valente trata das desastradas peripécias amorosas de um cachorrinho. Destaque para o numeroso - e hilário! - elenco coadjuvante.

O lançamento será a partir de 11h no stand Casa dos Quadrinhos, no FIQ e a entrada é gratuita, claro!

Fonte: Panini Comics

[LANÇAMENTOS & NOVIDADES #36] Jambô Editora

E a nossa #parceira Jambô Editora vem com mais um lançamento bombástico pra rechear seu fim de ano com muita aventura nos universos fantásticos baseados no mundo de Tormenta... E desta vez, temos a republicação de Dungeon Crawlers, trazendo de volta a um novo público - e também àqueles que não conseguiram acompanhar na época da primeira publicação, em 2004 - essa história em quadrinhos escrita por Marcelo Cassaro (de Holy Avenger Turma da Mônica Jovem), com arte de Daniel HDR (de X-Men Forever, Mulher Maravilha) e cores de Ricardo Riamonde (de Dungeons and Dragons, dentre outros).

Arte de capa por Daniel HDR
e Ricardo Riamonde (Jambô Editora)
Dungeon Crawlers conta a história de uma expedição ao continente bestial de Lamnor - a cidade perdida de Lenórienn. A chefe da expedição é Aurora, clériga de Tanna-Toh. Ela é ajudada por Brigandine, uma guerreira. Logo no início da história, as duas encontram Fren, um elfo ranger.

A relação entre uma clériga de Tanna-Toh - sensata e metódica - e um elfo selvagem e furioso é uma das complicações da história. Principalmente porque embora ambos estejam se dirigindo em direção a Lenórienn, o que cada um busca na cidade é bem diferente…

O álbum reúne todas as edições de Dungeon Crawlers e traz a história completa, além de mais de dez páginas de extras originais e exclusivos. E será lançado durante o evento FIQ 2013 - Festival Internacional de Quadrinhos, que acontece de 13 a 17/11/2013 em Belo Horizonte (MG)

Ficha técnica
Dungeon Crawlers, de 
Marcelo Cassaro, Daniel HDR e Ricardo Riamonde
Jambô Editora | Formato: 18,5 x 27,5 cm | brochura + livro digital | 112 páginas
Clique aqui para comprar

[DIVULGAIL] Começa HOJE a FIQ 2013!!!

Pra quem ama histórias em quadrinhos, começa neste dia 13/11/2013 e segue até o dia 17/11/2013 o evento FIQ 2013 - Festival Internacional de Quadrinhos, que acontece de 9h às 22h, na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte - MG.
O mascote desta edição do evento
foi ilustrado pelo cartunista Laerte
A entrada é gratuita, como deve ser todo evento desse porte.

São muitas as atrações, autores e lançamentos - nacionais e internacionais - que farão parte dessa festa mas o grande destaque é a vinda do veterano desenhista George Pérez (Vingadores, Superman, Crise nas Infinitas Terras, dentre muitos outros clássicos).

Haverão mostras tanto no local como outras, paralelas ao evento.

Não percam! Clique aqui para maiores informações e divirtam-se!

[DIVULGAIL] Evento de anime GRATUITO em Duque de Caxias / RJ!!!

A Equipe da DaMatrix Digital divulgou que promoverá um evento que servirá como aquecimento para o próximo Anime Happy Party, que rolará em 17 de novembro, com ENTRADA GRATUITA.


SERVIÇO:
Anime Happy Party - Party´s Day
Dia 17/11/13, das 12:00 às 18:00.
Endereço: Av. Pres. Kennedy, 1203 - Duque de Caxias - RJ
(próximo ao Extra Shopping Center).


Muita diversão neste aquecimento!
Valendo VOCALOID CARD para a troca dos Golden´s Ticket´s.
Sorteio de 1 Playstation 4 no Anime Happy Party!
Vendas de Ingressos para o Anime Happy Party no dia!

Confira as Atrações do dia:

*Batalha de Dança
Just Dance 2014 VS Dance Central 3
*Games e Torneios
*Desfile Cosplay (Premiação em Dinheiro)
*Estandes
*RPG - Card Games
*Concurso de Desenho
E MUITO MAIS!

[DIVULGAIL] Programação da Editora Nemo no 8º Festival Internacional de Quadrinhos

Bom dia, #impressionautas!

Hoje trazemos para vocês a programação da Editora Nemo no 8º Festival Internacional de Quadrinhos.

Confiram!!!




Fonte: Editora Nemo

Equipe AIL

[AIL NEWS] Disney e Marvel anunciam novos seriados de TV!

A Netflix e a Disney anunciaram quatro séries live-action baseadas em quatro dos mais populares personagens da Marvel que devem ir ao ar em 2015. Os personagens são Demolidor, Jessica Jones, Punho de Ferro e Luke Cage. A Netflix encomendou 13 episódios por série que culminarão em uma minissérie especial chamada Os Defensores.


Para quem não acompanha as histórias em quadrinhos, saibam que a aposta da Marvel nesses quatro seriados é muito acertada.

Demolidor é um personagem relativamente conhecido por conta do terrível filme estrelado por Ben Affleck e Jennifer Garner em 2003. Criado por Stan Lee e Bill Everett, Matt Murdock, quando criança, salvou a vida de um velho ao atravessar a rua enquanto um caminhão vinha em suas direções. Infelizmente, a carga do veículo era radiativa e parte atingiu seus olhos, deixando-o cego, mas ampliando todos os outros sentidos. Com bastante treinamento físico - ainda que seu pai, Jack "Batalhador" Murdock, lutador de boxe fracassado, não quisesse -, Matt passou a combater o crime de forma efetiva após o assassinato de seu pai. E em duas instâncias: durante o dia, como advogado e à noite como vigilante.
Matt Murdock é o Demolidor!!!
O personagem teve algumas passagens bem interessantes nos quadrinhos e que daria farto material pro desenvolvimento da série. Algumas sagas sempre lembradas por fãs são: A Queda de Murdock (quando o vilão Rei do Crime descobre a identidade secreta do heroi e devassa sua vida - escrita por ninguém menos que Frank Miller em grande forma e desenhada por Bill Sienkewicz), A Queda do Rei do Crime (quando Demolidor finalmente dá o troco e tira o vilão de seu trono, destruindo parte de seu império) além das fases escritas por Karl Kesel, Ann Nocenti e as elogiadas e premiadas passagens escritas por Brian Michael Bendis e, atualmente, Mark Waid.

Jessica Jones é uma personagem criada pelo roteirista Brian Michael Bendis e pelo desenhista Michael Gaydos para a revista Alias - publicada pelo selo Marvel Max, com histórias de cunho mais adulto e que também já foi publicado no Brasil. Tratava-se de uma super-heroina que teve um sério problema em seu passado e acabou se tornando detetive particular. Enquanto as histórias eram lançadas, ficávamos sabendo um pouco mais do passado da personagem - incluindo o aterrador motivo pelo qual ela deixou de ser super-heroina. Com o passar do tempo, Jones acabou envolvida num relacionamento com Luke Cage...

A personagem, após o término de publicação de Alias, foi parar em outro gibi: The Pulse.
Jessica Jones: personagem cult
(não, não confunda o gibi Alias com o seriado de mesmo nome estrelado por Jennifer Garner e que já foi exibido no Brasil - talvez por isso mesmo o seriado se chamará Jessica Jones)

E falando em Luke Cage: esse personagem - chamado de Carl Lucas e também conhecido como Power Man - tinha sido preso e foi testado numa experiência com um tipo de super-soro, tornando-se invulnerável, de pele impenetrável e super-forte.  Chegou a formar dupla com o heroi Punho de Ferro e chamavam a si mesmos de "Heróis de Aluguel", só trabalhando a quem pagava mais. Isso foi nos anos 1970 e tinha uma pegada blaxpoitation pelo fato do personagem ser negro e combater crimes policiais na maior parte do tempo. Já há algum tempo, integrou o time dos Novos Vingadores e foi o responsável por reunir a equipe após os eventos da saga A Queda - republicada recentemente - além de tornar Homem-Aranha, Demolidor e Wolverine como membros da equipe.
Luke Cage: Heroi de Aluguel?
(curiosidades: Quentin Tarantino QUASE dirigiu um filme do personagem no início de sua carreira mas os direitos da produtora expiraram e isso INFELIZMENTE não aconteceu... Luke Cage inspirou o nome artístico do ator Nicholas Cage - nascido Nicholas Coppola, sobrinho do famoso diretor de cinema - por ser grande fã do personagem e de quadrinhos em geral. Isso se não contarmos a cogitação de TODO MUNDO a respeito do personagem que apareceu no primeiro episódio do seriado Marvel's Agents of SHIELD, né...?)

E já que citamos Punho de Ferro, é interessante dizer que o personagem foi criado pelo lendário roteirista Roy Thomas e o genial desenhista Gil KaneDaniel "Danny" Rand-K'ai, filho de um grande empresário que descobriu a cidade mística de K'un L'un. O empresário retorna à K'un L'un quando Daniel tinha nove anos e o garoto se perde. Ele e a esposa tentam achá-lo. Ela o acha mas é atacada por lobos, que a matam - eles foram enviados por Harold Meachum, companheiro de negócios do pai de Daniel e que queria que ela largasse o marido para ficar com ele. O garoto é salvo pelos arqueiros de Yü-Ti, o lider encapuzado de K'un L'un. Daniel quer vingança e se torna um dedicado praticante de artes marciais, sendo ensinado por Kung Lei, ganhando depois de algum tempo, os braceletes mágicos do Punho de Ferro...
Punho de Ferro
A séries serão produzidas pela Marvel Television em associação com a ABC Television Studios.

Fonte: Variety.

[RESENHA] "Inferno", de Dan Brown

Capa da edição nacional
(Ed. Arqueiro)
Sinopse: O simbologista Robert Langdon desta vez acorda com uma amnésia a quilômetros de distância de casa. Mas em pouco tempo, descobre-se metido num arriscado jogo que pode colocar em risco a saúde pública mundial. E as pistas estão escondidas dentro de um dos poemas mais conhecidos de todos os tempos: "Inferno", a primeira parte de "A Divina Comédia", de Dante Alighieri. 

Trecho:  "Queridíssimo Deus, rogo-lhe que o mundo se lembre do meu nome não como um pecador monstruoso, mas como o salvador glorioso que o Senhor sabe que na verdade sou. Rogo que a humanidade entenda o presente que deixo.Meu presente é o futuro. Meu presente é a salvação. Meu presente é o Inferno. Com essas palavras, sussurro amém... e dou o último passo para mergulhar no abismo"
Título: Inferno
Autor: Dan Brown
Ed. Arqueiro | 2013 | Brochura | 443 páginas | Thriller / Suspense
Clique aqui para ler um trecho
AILshop: Clique aqui para comprar

Resenha: Dan Brown é um dos meus autores preferidos. E concorda comigo quem sabe lê-lo. Explico: Mr. Brown tem uma criatividade muito grande e pega um fato histórico aqui, desvirtua um símbolo ali, uma coisa improvável acolá, mistura no liquidificador com teorias da física e... Bum! Sai um best-seller.

O maior erro das pessoas que leem seus livros é acreditar que tudo aquilo que ele escreve seja verdadeiro. Lembro-me muito bem da época em que saiu "O Código Da Vinci" e várias pessoas pararam de acreditar na Bíblia porque o livro desmentia o Novo Testamento.

Vários e vários exemplares foram queimados em países mais extremistas, enquanto Mr. Brown ia, desesperado, à televisão explicando que era evangélico e dizendo que aquilo tudo era apenas um livro! Um romance que não deveria ser levado a sério! Mas, infelizmente, grande parte das pessoas não vê as coisas dessa forma e criou-se um preconceito muito grande diante do nome de Dan Brown.

E o título deste livro não ajuda nem um pouco, né? "Inferno" foi o livro do Dan que eu mais demorei para ler: exatamente uma semana, devido aos outros compromissos do dia a dia. Totalmente viciante, eu simplesmente não conseguia me desgarrar dele e o carregava para todos os lugares que ia, esperando uma brecha para dar uma espiada. E, adivinhem quantas e quantas pessoas não pararam estupefatas na minha frente me perguntando:
- "Inferno"? Misericórdia! Por que você não lê a Bíblia?
Ou então:
- Vou te dar um livro chamado "Paraíso", pra você largar o "Inferno".
Ou não diziam nada, apenas me olhavam com pesar, como se eu já estivesse com a alma condenada por carregar um livro com este título. E daqui que eu explicasse que eu não estava fazendo nenhum pacto com forças maléficas... Já viram, né? 

O título "Inferno" faz referência à primeira parte de "A Divina Comédia", de Dante. Para quem não sabe, a obra é dividida em três partes: "Inferno", "Purgatório" e "Paraíso", narrando a jornada do próprio Dante nesses três lugares. Descobri que muitas das noções de "inferno", "purgatório" e "paraíso" que se tem hoje são retiradas do poema do italiano e das demais obras de arte que "A Divina Comédia" inspirou - de pinturas a músicas.  

"Inferno" segue a mesma linha dos demais livros ("Anjos e Demônios", "O Código da Vinci" e "O Símbolo Perdido") que trazem Robert Langdon como protagonista: há uma ameaça global vinda de uma seita ou uma mente extremista que quer mudar o mundo de alguma forma e pistas escondidas em símbolos, obras de arte ou pontos turísticos de cidades antigas. E ninguém melhor do que o famoso professor de simbologia de Harvard para decifrar os enigmas escondidos, sempre ao lado de uma bela e brilhante cientista ou agente especial.

No caso de "Inferno", a acompanhante é Sienna Brooks, uma médica superdotada que salva Langdon da morte já nos primeiros capítulos e entra meio que "de gaiato no navio". De todas as parceiras anteriores de Langdon, achei Sienna a mais humana de todas.

Vittoria Vetra
, a cientista que o ajuda em "Anjos e Demônios" (e TOTALMENTE diferente no filme), é, de longe, a minha preferida! Mas é uma "super-mulher" e alguém que eu não tenho a impressão de que possa encontrar nas ruas um dia. Sophie Neveu e Katherine Solomon - respectivamente de "O Código da Vinci" e "O Símbolo Perdido" - também são mulheres brilhantes, mas também difíceis de se conhecer.

Mas Sienna Brooks... Bem, uma mulher superdotada com vários talentos para improviso e teatro é bastante difícil de se encontrar por aí. Mas quando eu digo que ela é mais humana, refiro-me à forma como Dan Brown a retrata: Sienna tem sentimentos profundos, é confusa, insegura às vezes. Tem medo e chora e não apenas quando se encontra diante de uma situação de risco. Ela é até frágil em certos momentos, intuitiva, forte e... Que os fãs de Vittoria, Sophie e Katherine me perdoem, mas é com Sienna que quero que Langdon fique. Mesmo! 

Lembro-me que logo que comprei o livro, conversei com o também colunista do AIL Kal J. Moon sobre Dan Brown e disse que ele não me desapontaria. De fato, eu estava certa. 

Como eu disse, a história tem muitas referências à primeira parte do poema de Dante. O cientista misterioso é obcecado pelo poeta italiano e esconde pistas relacionadas não apenas ao poema, mas às obras que foram inspiradas pela "A Divina Comédia" e até em sua máscara mortuária. Sienna e Langdon são levados a desvendar os enigmas e percorrer prédios públicos, igrejas e museus descritos com muita precisão por Dan Brown. Às vezes, as descrições são até extensas demais, tanto que chegam a ficar maçantes... Mas a riqueza dos detalhes das obras, das cidades e da história é o que faz o texto dele ser tão bom. Além, é claro, do ritmo frenético de suas narrações e sua habilidade em deixar o leitor sempre querendo ler o próximo capítulo.

Neste livro, além de ter que lidar com uma amnésia e um tiro de raspão na cabeça, Langdon ainda tem que escapar de pessoas que o querem morto e desvendar as pistas deixadas pelo cientista louco. Ou seja, o ritmo continua alucinante - a pegada especial do Mr. Brown - com uma brilhante forma de desenrolar a história e incrível reviravolta no final.

"Inferno" só não é melhor que "O Código da Vinci" porque não achei seu "momento Scooby Doo" - aquele instante em que o mocinho já descobriu as tramas do vilão e explica passo a passo os acontecimentos misteriosos do início - tão convincente quanto. Mas, mesmo assim, é impossível desgrudar de "Inferno" sem terminar de ler. 

Mas o que me chamou atenção neste livro é o tema que ele aborda. Diferente dos demais, Dan Brown não está focado na história da Igreja Católica ou na Maçonaria. O tópico aqui é a superpopulação do planeta. Atingimos recentemente 7 bilhões de habitantes e o planeta é capaz de suportar até 10 bilhões. O que acontecerá conosco quando ultrapassarmos esse número? Só posso dizer que a situação é preocupante e que me fez parar para pensar... Espero que o livro também tenha o mesmo efeito em outros leitores. 

Tom Hanks (e sua peruca!)
como Robert Langdon
Soube que a Sony desistiu de filmar "O Símbolo Perdido" e vai começar a filmar "Inferno", com Tom Hanks repetindo o papel de Langdon e estreia prevista para 2015. O mais interessante é que, quando Tom Hanks foi anunciado para ser Robert Langdon na versão cinematográfica de "O Código da Vinci", eu torci o nariz.

Imaginava alguém como Russel Crowe ou George Clooney na pele do professor. Mas depois que vi o Langdon competente do Tom Hanks, não consegui visualizá-lo de forma diferente nem enquanto lia "O Símbolo Perdido" e muito menos em "Inferno". Só espero que ele mude um pouco aquele penteado horrível que arranjaram para o personagem... hahaha!

Charlize Theron como Sienna
Brooks? Quem sabe...?

Quanto à Sienna... Charlize Theron seria ótima para o papel. Enfim, Dan Brown continua sendo Dan Brown. E eu continuo sendo fã dele, que não me decepciona.

Beijão e até a próxima! o/ (Stef Rhoden)





Trilha sonora: Primeira parte da "Sinfonia Dante", de Franz Liszt - "Inferno", tocada nos momentos finais da história. 

[LANÇAMENTOS & NOVIDADES #35] "A Vingança Veste Prada", de Lauren Weisberger

Quase dez anos depois de abandonar o emprego dos sonhos de qualquer garota na revista Runway — que acabou se tornando um pesadelo por causa de sua insuportável chefe —, a aspirante a jornalista Andy Sachs está de volta! Nesta aguardada continuação do best-seller O Diabo veste Prada, que marcou a estreia de Lauren Weisberger na literatura e foi adaptado para o cinema em uma bem-sucedida versão com Meryl Streep, Anne Hathaway, Stanley Tucci e Emily Blunt no elenco, a vida de Andy mudou muito desde os tempos de assistente da poderosa diretora Miranda Priestly. Seus dias pendurando incríveis casacos de pele, levando bandejas e correndo de um lado para o outro em saltos altíssimos para atender prontamente às mais inusitadas ordens ficaram para trás. Agora, o único café que ela carrega é o seu próprio. E talvez um para seu noivo, o incrível Max Harrison, um dos “melhores partidos” de Nova York.


De seu passado na Runway restaram apenas ocasionais pesadelos e ataques de pânico ao se lembrar da ex-chefe e uma – extremamente improvável – amizade com Emily, antiga companheira de trabalho. Juntas, as duas resolveram fundar uma revista especializada em cobrir os glamorosos casamentos dos ricos e famosos. Sofisticada, estilosa e de bom gosto, The Plunge é a revista mais luxuosa neste segmento, uma Runway para noivas.


Agora tudo parece estar em ordem e harmonia na vida de Andy. Mas não por muito tempo. Seja no dia de seu casamento ou pouco depois da lua de mel, surpresas aparecem nos momentos mais inoportunos e deixam sua próspera vida de pernas para o ar. E, quando menos espera, ela ainda se depara com uma velha conhecida, que traz consigo uma nova coleção de acessórios e uma lufada do famoso Chanel Nº 5. Estaria o passado voltando para assombrá-la? Deveria Andy esquecer o sossego dos últimos anos e voltar ao mundo supostamente fabuloso de Miranda Priestly?


Os destinos de Andy, Emily e Miranda parecem estar ligados, quer ela queira, quer não. Com o grande sucesso da Plunge, o grupo Elias-Clark, onde Miranda reina, vê na revista um ótimo investimento. E, se o diabo está nos detalhes, este não vai deixar nada passar.

Sobre a autora:

Lauren Weisberger nasceu em uma pequena cidade da Pensilvânia e formou-se na prestigiada Universidade de Cornell. Seu primeiro romance, O diabo veste Prada, tornou-se fenômeno mundial, ocupando o topo da lista de mais vendidos do New York Times por mais de um ano, e sendo publicado em mais de trinta países, além de um filme de sucesso com Meryl Streep e Anne Hathaway. Seus romances seguintes, Todo mundo que vale a pena conhecer e À caça de Harry Winston, também foram best sellers do New York Times. Ela mora em Nova York com o marido.

[DIVULGAIL] Vernissage Quadrinhos de Ação reúne trabalho do ilustrador Wam Nick no RJ!

O ilustrador pernambucano Wamberto Nicomedes, mais conhecido no meio artístico como Wam Nick, fará uma exposição do seu trabalho no dia 08/11/2013 a partir de 19h na Livraria Saraiva, localizada no Shopping Village Mall (RJ). A exposição, composta por desenhos de ação, traz ao Rio de Janeiro trabalhos inéditos do autor nos quadrinhos, que publica em países como França, Inglaterra e Estados Unidos.
Ilustração por Wam Nick
(cores de Vinicius Andrade)
A exposição lança luz sobre seus métodos de trabalho e visão pessoal da produção das histórias em quadrinhos. O autor aproveita para avisar que também venderá algumas telas no local durante o evento. Prestigie!

Serviço
O que? Vernissage Quadrinhos de Ação, de Wamberto Nicomedes
Quando? 08/11/2013, a partir das 19h
Onde? Livraria Saraiva, localizada no Shopping Village Mall (Av. das Américas, 3900 - Barra da Tijuca / RJ)
Maiores informações: 
Telefone: 21 3252-2900

[CINE AIL] "Thor - O Mundo Sombrio", de Alan Taylor

Cartaz nacional
(Disney / Marvel)
Sinopse: Enquanto Thor (Chris Hemsworth) liderava as últimas batalhas para conquistar a paz entre os Nove Reinos, o maldito elfo negro Malekith (Christopher Eccleston) acordava de um longo sono, sedento de vingança e louco para levar todos para a escuridão eterna. Alertado do perigo por Odin (Anthony Hopkins), nosso herói precisa contar com a ajuda dos companheiros Volstagg (Ray Stevenson), Sif (Jaimie Alexander), entre outros, e até de seu irmão, o traiçoeiro Loki (Tom Hiddleston), em um plano audacioso para salvar o universo do grande mal. Mas os caminhos de Thor e da amada Jane Foster (Natalie Portman) se cruzam novamente e, dessa vez, a vida dela está realmente em perigo.

Data de Lançamento: 01/11/2013
Estúdio: Walt Disney Pictures / Marvel Studios
Diretor: Alan Taylor
Roteiro: Christopher Yost, Christopher Markus, Stephen McFeely
Elenco: Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tom Hiddleston, Stellan Skarsgård, Idris Elba, Christopher Eccleston, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Kat Dennings, Ray Stevenson, Zachary Levi, Tadanobu Asano, Jaimie Alexander, Rene Russo, Anthony Hopkins
Site Oficial | Cena Pós-crédito: SIM! DUAS!

O melhor de NOVE Mundos!

Pois é! Não foi sem expectativa que esperei por meses para assistir esta sequência do Universo Cinematográfico Marvel. Afinal, em Os Vingadores, de 2012, o Deus do Trovão fez as pazes com o público após seu desastroso filme solo dirigido por Kenneth Branagh em 2011. Se a relação com o público já estava melhor, com este novo filme, Thor : O Mundo Sombrio, o herói provou não só ser um produto viável, como também uma potencial ameaça à Tony Stark, no que diz respeito à popularidade.

O Deus do Trovão voltou!
De todas as nove produções do Universo Cinematográfico Marvel (Homem de Ferro, O Incrível Hulk, Homem de Ferro 2, Thor, Capitão América, Os Vingadores, Homem de Ferro 3, Thor : O Mundo Sombrio e as séries Marvel One Short e Agents of S.H.I.E.L.D.) o filme de Alan Taylor é sem dúvida o melhor. Os Vingadores pode até ser comparável, mas Thor : O Mundo Sombrio tem duas coisas que este não tem: Um primeiro ato empolgante e Anthony Hopkins.

O ator, que atingiu o patamar de lenda do cinema em O Silêncio dos Inocentes, mostra um comprometimento com o filme de fazer inveja à novatos entusiasmados. Seu Odin é, por um lado, cruel, maquiavélico, calculista, determinado e orgulhoso. Mas por outro ainda é o "Pai de Todos", capaz de perdoar e até de aceitar o vil Loki, tão belamente encarnado por Tom Hiddleston. As cenas que envolvem Hopkins e Hiddleston são verdadeiras batalhas dramáticas que à cada frase do texto (ou golpe) convola um mero filme de super heróis em um verdadeiro clássico moderno do cinema.

Falando em Loki, este se consagra, neste episódio da saga Marvel, um dos personagens mais marcantes do cinema, de todos os tempos.

Lady Sif. Pois é, ela queria o Filho de Odin e Sif... de novo!
Chris Hermsworth nos apresenta, novamente, um Thor Odinson correto. Sem os exageros (e inexperiências) do filme original. O "novo" Thor está mais piadista, descontraído e simpático. Como já dissemos, Robert Downey Jr. que se cuide ou pode acabar perdendo o posto de fanfarrão pro Chris.

O roteiro é muito bem amarrado ao que já foi apresentado nos filmes e séries anteriores, mas funciona sozinho. Não é necessário ter assistido sequer aquela comédia-romântica do Kenneth Branagh para entender e se divertir com o filme. Outro aspecto legal deste filme é que a produção fez o dever de casa. Tudo que à de legal em outras sagas cinematográficas e filmes heroicos clássicos está lá. No final do primeiro ato, uma cena comovente me remeteu à Coração Valente, de Mel Gibson. As batalhas foram ora inspiradas em O Senhor dos Anéis, ora em Star Wars. Isto ficou claro.

Yin e Yang: Loki e Thor se completam...
No caso de Star Wars, Alan Taylor mostrou pra George Lucas como é que se faz em sequências eletrizantes e que colocaram a "nova" trilogia no chinelo. Creio que J. J. Abrams deva dar uma olhada em Thor : O Mundo Sombrio.

Finalizando, pode ir tranquilo ao cinema, compre seu combo e seja feliz. Thor : O Mundo Sombrio é um filmaço.

Marlo George assistiu, escreveu e também ficou com vontade de esbofetear a cara do Loki... diversas vezes!

TRAILER

[CINE AIL] "Obsessão", de Lee Daniels

Sinopse: Em 1969, Hillary Van Wetter (John Cusack) foi condenado pelo homicídio de um xerife sem escrúpulos e espera sua execução. Enquanto aguarda sua sentença final, ele recebe cartas da atraente Charlotte Bless (Nicole Kidman), que convencida de sua inocência, entra em contato com o The Miami Times na esperança de que o jornal mandasse repórteres experientes que pudessem ajuda-lo. O admirado repórter do jornal, Ward James (Matthew McConaughey), chega a cidade com seu colega, o ambicioso Yardley Acheman (David Oyelowo), que vão juntos investigar sobre o julgamento. Durante a investigação, o ingênuo e obsessivo Ward pede ajuda de seu irmão mais novo, o jovem Jack James (Zac Efron), um garoto que acabou de largar a faculdade e mudou-se de volta para sua casa de infância em Lately, na Flórida. Como Jack sempre entregou o jornal local The Moat County Times, administrado por seu pai, W.W. Jansen (Scott Glenn), seu irmão o contrata como motorista e junto com seu colega, acreditam que se conseguirem expor Wetter como vítima de uma justiça caipira e racista, vão se tornar aclamados no mundo jornalístico.

Resenha: Este é um filme ácido, que desce como uma bebida amarga que poderá abater o seu estômago. A fita do diretor Lee Daniels, o mesmo de ‘Preciosa’, que levou o Oscar/2010, na categoria de Melhor Roteiro adaptado e Melhor Atriz Coadjuvante. Lee destila seu fel com doses de violência e sexo, em uma realidade que aterrissa  nos anos 1960 e 1970.

Ambientar a história numa época agitada nos EUA, em meio à revolução comportamental e social, crise do petróleo, manifestações pela liberdade feminina (queima de sutiãs), viagens espaciais, assinatura da Lei dos Direitos Civis (que proibia a discriminação racial), assassinato de Martin Luther King, ascensão e queda de Richard Nixon, Guerra do Vietnã... Torna-se um verdadeiro desafio decodificar a trama.
Nicole Kidman e Zach Efron 
O cast é muito bem composto e o diretor fez uma escalação “the best”: Matthew McConaughey (jornalista investigativo, obstinado por um furo de reportagem), John Cusack (Hillary Van Wetter - o suposto condenado injustamente), Nicole Kidman (a exuberante Charlote - namorada de Wetter), Zac Efron (com surpreendente atuação, vivendo o irmão de Ward), David Oyelowo (Yardley, jornalista parceiro de Ward) e Macy Gray - outra surpresa pois a cantora faz bonito atuando (interpreta uma empregada e também narra todos os acontecimentos).
McConaughey e Efron
Sob o calor escaldante da Flórida, os personagens descobrem que nada será tão fácil. A realidade leva a fita a romper expectativas sobre o enredo que traz a crueza da realidade. O grande motor imaginativo nos leva a várias interpretações prematuras, julgando personagens e ambientes, mas na verdade estamos às cegas. A plasticidade fílmica é perfeita. O diretor é contundente na caracterização da época e nos apresenta um início idêntico aos documentários dos anos 1970 e a mesma situação ocorre com a fotografia e o figurino não deixa nada a desejar. Voltamos no tempo, por quase duas horas, ao fetiche ‘setentista’.

O somatório de quadros com fervor sexual, brutalidade e discriminação resulta numa película que cruza inevitavelmente com a direção ‘Tarantiniana’, com diferenciadas abordagens e variadas homenagens.

As cenas de violência exacerbada são deixadas para Matthew McCounaughey e John Cusack. Com eles, revisitamos Pulp Fiction – Tempo de Violência, o poderoso thriller de Quentin Tarantino.
Nicole Kidman
O filme, quadro a quadro, vai elevando a temperatura e se mostra quente o suficiente para fazer a plateia suar. Nicole Kidman está ímpar. Numa das cenas, ela relembra Sharon Stone em Instinto Selvagem - porém menos discreta e muito mais ousada. Ela protagoniza outra cena na praia, que é uma alusão /  homenagem a Roman Polanski em seu sensual ‘Lua de Fel’. Mas não é só ela mexe com a imaginação do espectador pois Zac Efron também abusa de sua jovialidade viril.

Com certeza a grande obsessão é o ato cíclico de seus personagens, que perpassa pela ideia fixa do jornalista pela verdade, a insistência de Charlotte por Hillary, a paixão deslumbrada de Jack por Charlotte e a insistência de Yardley por respeito e igualdade.
Cusack e McConaughey
O filme tem incômodos mas é um verdadeiro soco no estômago. Tratando de disseminadas questões e colocando o público a procurar respostas ao decorrer dos fatos. Incongruentemente, não tem a intenção de alimentar discussões após a projeção pois ficamos entre Deus e o diabo, entre a inquietude e o pecado e, claro, com um gosto amargo na boca.  Se vocês vão concordar comigo? Bem, só correndo às salas de cinema para fazer o tira-teima... (Eleni Rosa)

Assista abaixo o trailer (legendado em português)

[AIL NEWS] Em Cartaz: Novembro/2013 - Pt.01

Thor - O Mundo Sombrio

Thor (Chris Hemsworth) e Jane Foster (Natalie Portman) terão que se adaptar a nova dinâmica intergalática, causada pela ausência de Odin (Anthony Hopkins). 

A trama será passada nos Nove Mundos presentes na mitologia nórdica. 

A direção será de Alan Taylor (Game of Thrones), que assumiu a função após a desistência de Patty Jenkins, que abandonou o barco alegando divergências criativas.

Data de estréia: 01/11/2013


O Mordomo da Casa Branca

Durante três décadas, Eugene Allen (Forest Whitaker) foi o mordomo oficial da Casa Branca, tendo servido oito presidentes norte-americanos diferentes. 

Esta é a história dele, e de sua visão do poder nos Estados Unidos.

Data de estréia: 01/11/2013  







Amor Bandido 

Mud (Matthew McConaughey) está fugindo da justiça quando encontra dois adolescentes que resolvem ajudá-lo a escapar da polícia e dos caçadores de recompensa. 

O jovem Ellis (Tye Sheridan), de 14 anos, vai fazer de tudo para garantir que o novo amigo consiga encontrar sua alma gêmea.

Data de estréia: 01/11/2013. 






Uma Noite de Crime



Quando o governo norte-americano constata que suas prisões estão cheias demais para receberem novos detentos, uma nova lei é criada, permitindo todas as atividades ilegais durante 12 horas. 

Neste período, uma família tenta se proteger do ataque de um invasor.  

Data de estréia: 01/11/2013. 









Capitão Phillips

Baseado na história real do capitão Richard Phillips, este filme conta a história do capitão (Tom Hanks) que aceita ser tomado como refém por piratas somalianos em troca da liberdade da sua tripulação.  

Data de estréia: 08/11/2013








Jogos Vorazes - Em Chamas
A saga relata a aventura de Katniss (Jennifer Lawrence), jovem escolhida para participar aos "jogos vorazes", espécie de reality show em que um adolescente de cada distrito de Panem, considerado como "tributo", deve lutar com os demais até que apenas um saia vivo. 

Neste segundo episódio da série, após a afronta de Katniss à organização dos jogos, ela deverá enfrentar a forte represália do governo local, lutando não apenas por sua vida, mas por toda a população de Panem. Baseada na trilogia de romances da autora Suzanne Collins.  

Data de estréia: 15/11/2013



Blue Jasmine

Uma mulher rica (Cate Blanchett) perde todo seu dinheiro e é obrigada a morar em São Francisco com sua irmã (Sally Hawkins), em uma casa muito mais modesta. 

Ela acaba encontrando um homem (Alec Baldwin) na Bay Area que pode resolver seus problemas financeiros, mas antes ela precisa descobrir quem ela é, e precisa aceitar que São Francisco será sua nova casa.  

Data de estréia: 15/11/2013.  





Equipe AIL 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...