[GIBI REVIEW] Coleção Graphic Chillers

A Coleção Graphic Chillers, da Editora Prumo, traz adaptações de obras literárias de suspense e terror para as histórias em quadrinhos.

O Lobisomem
Sinopse: A cidade de Dreadsad está amaldiçoada. Uma vampira chamada Wandessa ataca sua população. Os habitantes se voltam à sua única esperança: um homem que, sob a luz da lua cheia, transforma-se no Lobisomem!

Adaptação da obra de Bram Stoker
Roteiro e arte: Jeff Zornow
Ed. Prumo | 36 págs | História em Quadrinhos (Terror / Ficção Inglesa)



Resenha:
Com muita surpresa, verifiquei que esta trama era baseada na obra de Bram Stoker. Afinal, nunca havia tomado conhecimento que ele havia escrito qualquer história envolvendo esses seres encantados pela luz da lua cheia.
Arte de Jeff Zornow
Partindo à rápida leitura (menos de 30 páginas de quadrinhos mais um pequeno texto sobre os lupinos), descobri um texto ágil e feito sob medida para quem não tem muita paciência com contextos históricos, prosódias desgastadas e atmosfera de filmes B.

O que importa, neste caso é que a ação move a trama em direção ao seu ápice e desfecho inusitado. A arte de Jeff Zornow (também responsável pelo roteiro) é estilizada e cinética o suficiente para nos fazer querer acompanhar até o fim. E como a história é realmente curta, dá pra ler numa viagem de ônibus ou metrô. Bom!


O Fantasma da Ópera
Sinopse: Durante anos, o teatro de Paris tem abrigado e atendido aos caprichos do misterioso Fantásma da Ópera. Agora, apaixonado por uma jovem e inexperiente cantora, ele decidiu que é a vez de Christine Daae brilhar. Se suas exigências não forem atendidas, tudo estará perdido!

Adaptação da obra de Gaston Leroux
Arte: Rod Espinosa Ed. Prumo | 36 págs | História em Quadrinhos 
(Suspense / Ficção Inglesa)


Resenha: Adaptar uma obra tão famosa para outra mídia, ainda mais quando o público-alvo possivelmente não está interessado numa estranha história de amor e vingança, é uma tarefa hercúlea. Mas ganhar o leitor vai depender da apresentação dessa adaptação...
Arte de Rod Espinosa

E é aqui que temos o calcanhar de Aquiles desta edição. Embora a arte de Rod Espinosa (guardando alguma semelhança com os mangás - os tais quadrinhos japoneses) seja esforçada o suficiente para nos cativar - principalmente no que diz respeito ao figurino e aos elaborados cenários - em algumas páginas porém sem o mesmo esmero em outras, o que chama a atenção, de forma negativa, é o texto.

Claro que é uma tarefa complicada condensar uma trama cheia de reviravoltas em poucas páginas de quadrinhos e vemos aqui o problema da edição. Tudo acontece muito rápido. Em muitas páginas, acabamos por nos perguntar o que está acontecendo. E o final, quando acontece, nos pega de surpresa...

Mesmo assim, acredito que o leitor vai se aproximar da obra original através dessa adaptação e querer se aprofundar melhor no assunto. E a arte chama mesmo a atenção. Mais uma vez, temos uma leitura rápida e um texto contando um pouco sobre a biografia do autor original. Ponto!




O Médico e o Monstro
Sinopse: O respeitado Dr. Jekyll designa como herdeiro o abominável Sr. Hyde. Um homem pequeno, feio e desprovido de qualquer escrúpulo. Qual a relação entre esses dois homens? Essa é a pergunta que se faz o Sr. Utterson, advogado de Jekyll, um questionamento que o levará às profundezas mais obscuras da alma humana.

Adaptação da obra de Robert Louis Stevenson
Roteiro e arte: Jason Ho
Ed. Prumo | 36 págs | História em Quadrinhos (Terror / Ficção Inglesa)

Resenha: Embora muitos não saibam ou sequer desconfiam, Stan Lee usou muitos elementos desse clássico da literatura para "criar" (hehe) o personagem Hulk (Marvel Comics): a raiva excessiva, o tamanho inicial também era diminuto, seu alter-ego transformar-se na criatura quando ficava nervosa... As semelhanças são realmente muitas.

E é muito interessante e bem vinda a ideia de adaptar esta trama aos quadrinhos, uma vez que toda uma nova geração pode conhecer o original e aproximar-se da literatura de uma forma que nunca poderiam imaginar. E aqui temos o grande acerto das edições da Coleção Graphic Chillers! Tanto arte quanto texto (assinados por Jason Ho) acertam em cheio... A arte é soturna o suficiente para emular o clima vitoriano da história. Nada é exatamente belo, tudo é um tanto escuro e sombrio e as feições e expressões dos personagens fazem com que imaginemos tudo se mexendo como... Como num pesadelo. O clima é quase onírico nesse sentido e nos transporta imediatamente ao enredo, fazendo-nos esquecer que estamos lendo uma adaptação literária. E o roteiro é muito bem adaptado.
Arte de Jason Ho
Com perfeito domínio da técnica narrativa, Ho permite-se contar a história sob a ótica do Sr. Utterson, advogado do Dr. Jekyll, fazendo dele o fio condutor necessário para descobrir e tentar juntar as nada óbvias peças do quebra-cabeça. Quando chega o arrebatador final, a vontade que se tem é de ler novamente para verificar as pistas deixadas ao longo da ótima narrativa. Se vale a pena? Pare de ler isso aqui e corra para adquirir o seu, ok?

Considerações finais: A coordenação gráfica da coleção poderia ter sido mais atenta ao design das capas, escuras demais para ganhar destaque nas livrarias. A distribuição e localização do logotipo do título das obras poderiam ter sido melhor trabalhadas e posicionadas para dar destaque tanto à arte quanto para dizerem ao que vieram. Não sei se foi uma boa ideia colocar os créditos com a mesma fonte de enunciado da coleção... E, por fim, as fontes utilizadas nos textos e nos balões de falas são completamente inapropriadas numa obra profissional, assim como os formatos dos balões e recordatários. Se uma nova tiragem for impressa num futuro próximo - ou mesmo o lançamento para plataformas digitais -, reestruturar o produto em função do design para deixar tudo mais atraente ao público-alvo trará retorno imediato nas vendas por impulso. #ficaadica

Kal J. Moon é peludo feito um lobisomem e se esconde em seu quarto quando há lua cheia. E vira monstro quando fica nervoso também - o que é algo rotineiro...


Trilha Sonora: "Tudo O Que Se Quer" (Emílio Santiago e Verônica Sabino)

4 comentários :

  1. Achei bem legal os quadrinhos, uma pena esses detalhes que colocasse nas considerações finais, se a Editora se dedicar a isso tenho certeza que será um belo trabalho.

    Beijos
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  2. Realmente, Lara... Espero que a editora tome as devidas providências para que o produto fique ainda mais acessível ao grande público... (KJM)

    ResponderExcluir
  3. Me interessei muito pelo O Lobisomem. Tem como comprar via WEB??

    ResponderExcluir
  4. Fala, PJ! Não achei link na editora para compra mas tem esse link aqui que vc pode entrar em contato com eles e ver qualé:

    http://editoraprumo.com.br/index.php/cat%C3%A1logo/4-fic%C3%A7%C3%A3o/231-o-lobisomem.html

    Se bem que qualquer boa livraria online pode te oferecer algo assim... (KJM)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...