[LANÇAMENTOS & NOVIDADES #05] Editora Baraúna

Bom dia, #impressionautas!!!

Trazemos, hoje, mais lançamentos da Editora Baraúna... confiram:

O Economista - Ramon Carvalho Silva Bazon
ISBN: 978-85-7923-375-3
Páginas: 381
Formato: 14 x 21

Sinopse:
O livro conta a história de um renomado economista de Wall Street que tropeça no que parece ser uma conspiração. Sua inteligência e esperteza são colocadas à prova, no centro de uma crise financeira global. Ele, então, passa a correr contra o tempo para desvendar uma trama complexa, que mais parece uma armadilha arquitetada pelas cabeças mais cobiçosas de Wall Street. Logo perceberá que não pode confiar em ninguém, e não apenas o dinheiro, mas a sua própria vida podem estar em risco. É neste momento que ele terá de decidir entre o é certo e o que é fácil.
Qual decisão você tomaria?



O Vale dos Mortos - Rodrigo de Oliveira
ISBN: 978-85-7923-675-4
Nº de páginas: 371
Formato: 14 x 21 cm
Valor do exemplar: R$ 42,90

Sinopse: Num futuro próximo, uma antiga lenda Suméria torna-se realidade. Um gigantesco planeta é descoberto no nosso sistema solar e ruma em direção à Terra. Sua aproximação desencadeia um fenômeno único na história e bilhões de pessoas se transformam, de uma hora para outra, em criaturas sedentas de sangue e carne, num estado permanente e irreversível de fúria psicótica. Neste cenário caótico uma família inicia uma luta desesperada pela sobrevivência. Assim, surgirão dois líderes capazes de guiar os poucos sobreviventes de uma cidade do interior de São Paulo para enfrentar uma horda de zumbis canibais. Com passagens em Brasília, nos Estados Unidos, na China e na França “O Vale dos Mortos” é uma história de zumbis com ação frenética e muita violência, que também trata de valores como liderança, trabalho em equipe, e a força de um jovem casal capaz de tudo para proteger seus filhos e amigos. Acima de tudo, O Vale dos Mortos trata de uma grande história de amor capaz de sobreviver a tudo, até mesmo ao fim do mundo.

Sobre o autor Rodrigo de Oliveira é técnico em publicidade e propaganda, cursou publicidade na Universidade Metodista e é graduado em Gestão de Tecnologia da Informação pela Universidade Paulista. Também é certificado especialista em gerenciamento de projetos pelo Project  Management  Institute sediado na Filadélfia/Pensilvânia. Rodrigo de Oliveira é casado, pai de dois filhos e reside em São José dos Campos, interior de São Paulo.
Eventos relacionados
Em 22/02/2013 às 20h será o lançamento do livro "O vale dos Mortos", do autor Rodrigo de Oliveira. Uma obra que vai agradar desde os aficionados por ficção científica até leitores que adoram um romance. O evento será na Livraria Maxsigma do Shopping Vale Sul, em São José dos Campos (SP).

Promoção
Está rolando no Facebook da Editora Baraúna um concurso Cultural que irá premiar as duas frases mais criativas com um exemplar de O vale dos mortos + marcadores da Editora. Participe! 

Novidades
Em breve, a Editora Baraúna realizará um encontro entre vocês leitores e blogueiros com o autor Rodrigo de Oliveira. Durante este encontro, vocês poderão conversar com o autor, tirar fotos e dúvidas sobre o livro "O Vale dos Mortos", além de concorrer a cortesias do livro. A editora está finalizando a organização deste evento e logo daremos mais informação a vocês...


Equipe A.I.L 

[RESENHA] "Profundamente Sua", de Sylvia Day

Sinopse: Eva e Gideon continuam seu romance avassalador. Mas agora, com a grande publicidade que seu namoro anda tendo, Eva deixou seu anonimato para ser uma pessoa perseguida por paparazzi... E por seu passado. 

Trecho:

"Ele pegou minha mão, levou até a boca e beijou a ponta dos meus dedos. 'Eu te amo'. 
Fiquei paralisada, com o coração saindo pela boca.(...)Engolindo em seco, murmurei: 'Fala de novo'. Ele parou em um sinal, virou a cabeça e me olhou (...).
'Eu te amo. A palavra certa não é bem essa, mas eu sei que é isso que você quer ouvir'. 
'Que preciso ouvir', eu disse num tom ameno.
'Desde que você entenda a diferença...' O sinal abriu e ele arrancou com o carro. 'As pessoas conseguem esquecer um amor. Conseguem viver sem ele, seguir em frente. É possível perder um amor e encontrar outro. Comigo isso não vai acontecer. Não vou sobreviver a você, Eva'". 

Resenha: A viagem de Palmas a Maceió tem cerca de 1.900 km, com duração de aproximadamente dois dias. E foi exatamente este o tempo em que demorei para ler "Profundamente Sua", o segundo volume da trilogia "Crossfire" de Sylvia Day. Mais uma vez, mordi a língua. 

Estava conversando com o também #impressionista Kal estes dias e me lembro de uma afirmação bem enfática que fiz: disse que os segundos volumes de uma trilogia são apenas uma grande encheção de linguiça. Kal rebateu meu comentário e eu o consertei: são GERALMENTE apenas uma grande encheção de linguiça. Quando terminei o livro, fiquei feliz por consertado minha frase. "Profundamente sua" é uma exceção à regra... 

Quem leu minha resenha sobre "Toda Sua", o primeiro volume da série, vai se lembrar de que não gostei e não tive boas impressões sobre a trilogia e a autora Sylvia Day. Mas este mudou totalmente a minha ideia. 

Em "Profundamente Sua", não tive mais tantas confusões com a narrativa. Ao contrário do primeiro, o livro não me pareceu tão rápido e não me senti atropelada com os acontecimentos. Tudo me pareceu acontecer num tempo razoável, sem pressa e sem se estender demais. E também apreciei um pouco mais a narrativa, a forma como a história foi contada. 

Aqui, Gideon Cross me conquistou. Acho que Sylvia Day finalmente descobriu como queria seu "macho alfa" dominador e escreveu um personagem mais coerente, diferente do Gideon totalmente contraditório do primeiro livro. Aqui, sim, ele me convenceu ser um homem poderoso, impassível, dominante e traumatizado. Aqui ele está apaixonado mas sua personalidade continua constante e coesa. Finalmente! Ele ainda não roubou o espaço de Christian Grey (da trilogia "Cinquenta Tons") em meu coração mas posso dizer que me balançou. Me fez sentir exatamente como eu gosto de me sentir quando leio um livro. 

Eva Tramell... Bem, ela também se tornou uma personagem mais madura. Não a pessoa Eva mas a forma como ela foi escrita amadureceu aqui. Eva me convenceu ser uma mulher forte e inteligente, embora confusa devido aos seus traumas e infantil quando o assunto é ciúme - julgamento que fiz baseando-me em mim mesma nas situações em que ela viveu... O que é errado mas, enfim, que outro tipo de base nós temos, não é? O importante é que ela despertou a minha simpatia e minha solidariedade. Eu REALMENTE gostei dela. Eva parou de fugir. 

O sexo continua quente. As cenas são um pouquinho mais carinhosas mas, ainda assim, quentes. Eva é sensual e Gideon... Deus do Céu! :x

E não encontrei muitos acontecimentos dispensáveis neste livro. Achei que todos os eventos da narrativa foram bem escolhidos. Não consigo me lembrar de uma passagem supérflua ou que me faça esperar a utilidade dela no próximo livro. Achei a história melhor resolvida também pois Sylvia teve bastante cuidado em situar o leitor no espaço e no tempo. 

Em "Profundamente Sua", finalmente sabemos o que aconteceu com Gideon. E eu fiquei feliz por ser algo realmente chocante, que pudesse justificar todas as suas atitudes e comportamentos. Fiquei tocada e até senti uma lágrima querendo cair dos olhos - diferente de quando li o que havia acontecido com Christian na saga "Cinquenta Tons". Ainda vou esperar o próximo livro, já que Sylvia Day guardou alguns mistérios para o final da trilogia, claro. Mas acho que uma pessoa que passa por tudo o que Gideon passou, precisa de um momento na vida em que pudesse perceber que deveria contar com ele e apenas com ele para ser alguém. Quero dizer, Gideon tem todos os motivos do mundo para ser um playboy viciado em drogas e problemático ao invés do homem poderoso e controlado que é. Enfim, vamos aguardar... 

O que não gostei do livro foram alguns diálogos meio bobos. O fato de Eva demorar a entender algumas coisas - minha ETERNA reclamação em relação a romances, com personagens descritas de uma forma e agindo totalmente diferente na página seguinte. A reação dela frente a um antigo amor do passado... O quarto que Gideon fez para ela em sua própria casa, uma réplica perfeita do quarto dela no apartamento dela, ainda me faz sentir calafrios...  Não gostei da cena do encontro dos pais da Eva. Enfim, não dá para me estender demais, para não gerar spoilers, mas... Bem, vou apenas citar uma pequena parte para ilustrar o que não foi perfeito: Gideon está degladiando com um outro cara e Eva, desesperada, pede que o motorista a ajude a tirar Gideon de lá. Como ele não se mexe, ela começa a ficar histérica...


"'Qual é o seu problema?! Você tem que acabar com isso!'
Seus olhos azuis pareciam tranquilos. 'Ele sabe quando parar, Eva'". 

Minha reação: "Quê?????"

Enfim! Tive que engolir, né? Já estava publicado mesmo... 

De qualquer maneira, quero apenas dizer que "Profundamente Sua" me fez procurar avidamente em todas as livrarias o próximo volume da série - "Para sempre sua" - principalmente pela forma como ele acabou! E só depois de pagar vários micos, descobri que só será lançado em Maio / 2013... Droga!

Stef Rhoden já não tem mais unhas... 

Trilha Sonora: Something (Lasgo)

[CINEBOOK] "Indomável Sonhadora", de Behn Zeitlin

(Foto: Imagem Filmes)
Sinopse: Em uma comunidade da baía pantanosa e perigosa, completamente esquecida e isolada do resto do mundo por um extenso dique, à beira do abandono, vive uma garotinha chamada Hushpuppy. Há muito tempo sua mãe partiu e seu amado pai Wink, que era um bravo homem, passou a comportar-se de forma pândega. Em meio a isso tudo, Hushpuppy se vê obrigada a viver por conta própria, isolada com animais selvagens e acaba percebendo que a natureza forma uma frágil rede que conecta as coisas vivas, onde o universo inteiro depende de que tudo funcione corretamente. Até que um dia, uma apocalíptica tempestade atinge sua cidade, elevando o nível das águas, seu pai adoece e criaturas pré-históricas ferozes retornam à vida e invadem o planeta. Enquanto Hushpuppy vê desmoronar a ordem natural de tudo a que ama, em uma tentativa desesperada de recuperar seu mundo e salvar seu pai doente e seu lar, esta pequena heroína terá que aprender a sobreviver em meio a uma épica e incontrolável catástrofe.

Estive na cabine de imprensa promovida pela Imagem Filmes para uma exibição especial do filme Indomável Sonhadora. Queria ter feito a resenha logo, mas enquanto voltava pro escritório, ainda no metrô, decidi deixar para registrar depois minhas impressões sobre este filme. Depois de digeri-lo um pouco mais. 

Quando li a sinopse e conheci o nome dos protagonistas, o cenário apocalíptico e a missão da heroína, achei que se trataria de mais um filme de fantasia, cheio de seres fantásticos, aventuras incríveis e outras bobagens do gênero. Logo, minha primeira reação mental foi pensar "Legal!". Afinal, eu adoro filmes de fantasia, cheios de monstros, heróis e até mesmo das bobagens do gênero...


Porém, nunca estive tão enganado.

Assim que a sala de cinema escureceu e alguém, em sua câmara secreta, pôs a fita pra rolar, me deparei com um filme de fantasia diferente. Os elementos fantásticos iam sendo apresentados ao público não através de efeitos especiais ou situações mirabolantes, mas por intermédio das reflexões particulares da menina  conhecida apenas como Hushpuppy. É através dos olhos dela que entramos em contato com o universo de "Indomável Sonhadora".

A heroína Hushpuffy
(Foto: Imagem Filmes)
Hushpuppy cresceu em uma espécie de bairro isolado do resto da cidade por um dique chamado "Banheira". É um lugar inóspito, alagado e ameaçado de ser riscado do mapa por uma tempestade que inundaria todo o lugar. No script inicial, Banheira ficaria em Louisiana (EUA), onde ocorreu, há alguns anos, a tragédia do furacão Katrina. Mas o diretor, Behn Zeitlin, decidiu que o lugar exato onde ficaria a Banheira não deveria ser mencionado, no intuito de eliminar referências, tornando o filme uma experiência mais rica e ampla. Mais fantástica.

Wink e Hushpuffy
(foto: Imagem Filmes
)
Mesmo vivendo da terra e dos animais que criavam para o abate, e em meio a um ambiente nada adequado, os habitantes de Banheira não se deixavam abater e viviam festejando, cantando e seguindo uma filosofia de vida diferente de quem mora nas grandes cidades. A própria Hushpuppy nos leciona esta filosofia enquanto nos conta sua história através de seus pensamentos. A principal lição: Tudo no mundo deve estar em perfeito equilíbrio para que tudo esteja bem.

E foi justamente quando a ordem das coisas foi tirada do lugar que o mundo, praticamente, chegou ao fim para os habitantes de Banheira. Mas se eu contar mais da história aqui, posso estragar a sua sessão no cinema.

Como vem estampado em letras garrafais no poster, o filme recebeu quatro indicações para o Oscar. Não posso falar muito sobre a indicação de Melhor Roteiro Adaptado pois não assisti a obra original (o filme é baseado na peça "Juicy and Delicious" da teatróloga e atriz Lucy Alibar, que além de co-roteirizar o filme é amiga do diretor) e se torna impossível analisar o roteiro sem ter bagagem para amparar minha opinião.

Quanto ao prêmio de Melhor Atriz, já é sabido que a bela Quvenzhané Wallis irá comparecer à cerimônia já preparada psicologicamente para sair de mãos abanando. Ela é uma boa atriz? Só o tempo dirá. Mas podemos afirmar desde já que ela não é páreo para atrizes mais experientes como Jessica Chastain (A Hora Mais Escura) que levou o Globo de Ouro, Naomi Watts (O Impossível), Emmanuellle Riva (Amor) e até mesmo do que a jovem Jennifer Lawrence (O Lado Bom da Vida), que entrou na disputa contra Chastain ao levar a estatueta, após ganhar um Actor no SAG Awards. Além do mais, não será novidade a Academia indicar atores mirins e não premiá-los.

De toda forma, Wallis já ganhou um prêmio: O de atriz mais nova a ser indicada ao Oscar. Já está de bom tamanho...

Quvenzhané Wallis é a atriz mais nova a ser indicada ao Oscar
(foto: Imagem Filmes
)
Behn Zeitlin foi indicado ao prêmio de Melhor Diretor e tal indicação é merecida. Este é seu primeiro filme e ele já mostrou serviço. A forma como dirigiu atores sem nenhuma experiência em atuação (todos os atores do filme entraram no cast através de audições com os habitantes das cidades próximas das locações) é uma tarefa árdua e ele a resolveu de forma primorosa. Mas ele não vai levar o Oscar, apesar da minha torcida particular. Seria legal ver a academia premiar um diretor ousado como ele. Mas... fica pra próxima, Zeitlin.

E finalizando, assim como este filme não levará o Oscar de Melhor Diretor, também não vai levar o de Melhor Filme. É um filme bom, humano, divertido e ao mesmo tempo trágico, com uma mensagem muito bonita e um final de encher os olhos de lágrimas. Mas não é o tipo de filme que ganha o Oscar. Possivelmente quem irá levar este prêmio é Argo ou Lincoln.

Bem, apesar de (possivelmente) não levar nada no Oscar, trata-se de um filme premiado (ganhou prêmios em Cannes, no Festival Sundance, entre outros) e vale o ingresso. Entra em cartaz no Brasil em 22/02/2013 e você deve assistir este filme. No cinema.

Rock on! (Marlo George)

Ficha Técnica:
"Indomável Sonhadora" (Beasts of the Southern Wild, 2012)
Diretor: Benh Zeitlin
Elenco: Levy Easterly, Dwight Henry, Quvenzhané Wallis
Classificação: 10 anos - Conteúdo Impactante


[CINEBOOK] "O Lado Bom da Vida", de David O. Russell

Sinopse: Após um tempo internado em uma clínica para deficientes mentais, o professor Pat Solitano se muda de volta para a casa de seus pais e tenta se reconciliar com sua ex-mulher. Mas as coisas mudam quando ele é apresentado à Tiffany, uma garota misteriosa que tem seus próprios problemas.

Uma tragédia romântica...

O ditado popular "os opostos se atraem" nunca esteve tão equivocado. Em "O Lado Bom da Vida", do diretor David O. Russell, ocorre justamente o contrário. Pat e Tifanny acabam se atraindo justamente em razão das coisas que ambos têm em comum. Pat é um esquizofrênico recém-saído do manicômio. Tifanny acabara de ser demitida por má conduta no ambiente de trabalho. Enquanto Pat foi abandonado pela mulher, Tifanny perdeu o marido em um acidente. Além disso, ambos surtaram recentemente e são amparados por suas famílias.

Um belo dia, os dois se encontraram em um jantar na casa do melhor amigo de Pat (que armou o encontro) e acabam estabelecendo uma relação estranha, que mistura amor e ódio, apego e desprezo. A forma como o filme é dirigido por Russell, espremendo dos atores principais o que eles tem de melhor, acabou rendendo 8 indicações aos Academy Awards, dentre elas a de Melhor Atriz, Ator, Diretor e Filme.

Pat e Tifanny (Divulgação)
A grande surpresa foi a indicação de Bradley Cooper, (mais conhecido pela cinessérie "Se Beber Não Case") que está excelente neste filme. A Academia em geral não costuma indicar e, menos ainda, premiar atores com o currículo de Cooper mas teve que se curvar perante seu trabalho neste longa. Ele obteve êxito onde poderia errar terrivelmente. Se Cooper interpretasse um esquizofrênico sem o equilíbrio necessário na performance, poderia acabar repetindo o erro de Johnny Depp e acabar se tornando caricato...

Além do mais, Cooper deve muito à sua parceira neste filme. Jennifer Lawrence já havia sido indicada ao Oscar no ano de 2011 pelo filme "Inverno da Alma" (de Debra Granik) e pode até ganhar desta vez. A dobradinha que fez com Bradley Cooper é a cereja do bolo deste filme. A forma como conduziram suas personagens será, definitivamente, um marco em suas carreiras e com certeza as pessoas passarão a conhecê-los e referenciá-los à partir deste trabalho. Parece-me que surgiram duas novas estrelas na constelação hollywoodiana.

(Divulgação)
Quanto ao resto do elenco, bem, basta dizer que Robert de Niro e Jacki Weaver, que vivem os pais do perturbado Pat, também foram indicados ao Oscar de Melhor Ator e Atriz Coadjuvante. E ainda temos o retorno de Chris Tucker que andava sumido desde "A Hora do Rush 3", de 2007. A personagem de Tucker é hilária e o ator prova com isto que, dar um tempo na carreira, quando ela já está um pouco desgastada, faz um bem danado. Pena que já anunciaram  um quarto "A Hora do Rush", que pode condená-lo à mais um período de ostracismo.

Se você ainda não assistiu "O Lado Bom da Vida", recomendo que arrume um jeito de conferi-lo antes do Oscar. É bom torcer por um filme que a gente assistiu e curtiu...

Rock on! (Marlo George)

Ficha Técnica:
O Lado Bom da Vida (2012)
Direção: David O.Russell
Elenco: Bradley Cooper, Jennifer Lawrence, Robert de Niro, Jacki Weaver e Chris Tucker.



[CINEBOOK] "A Hora mais Escura", de Katheryn Bigelow

(Foto: Imagem Filmes)
Sinopse: Por uma década, uma equipe de elite de militares americanos trabalharam secretamente por todo o planeta determinados a atingir uma única meta: achar e eliminar Osama Bin Laden. Dirigido por Katheryn Bigelow (Guerra ao Terror), "A Hora Mais Escura" é um suspense de ação que mostrará como a Casa Branca caçou Osama Bin Laden.

Trecho:
"Eu vou explodir todos envolvidos nesta operação e depois irei matar bin Laden!"
Resenha: A frase poderia ter sido vociferada por um dos atores convidados por Sylvester Stallone para atuar em um dos filmes de sua mais nova franquia Os Mercenários. Pra ser sincero, posso até imaginar Dolph Lundgren, Jason Statham ou Chuck Norris enchendo o peitoral, levantando a sobrancelha e dizendo a aludida frase cheio de orgulho. Cheios de si.

Entretanto, Maya, a dona da manifestação acima, a disse sem nenhuma afetação. Sem caras e bocas. Sem o orgulho bobo inerente aos estadunidenses patriotas retardados que se acham cheios de razão.

Ela vociferou a assertiva apenas com ódio no olhar.

Um filme escuro, sobre uma época escura...

Jessica Chastain
 (Foto: Imagem Filmes)
A cena em que esta frase é dita resume o sentimento do filme. Longe de ser um filme patriota piegas, "A Hora Mais Escura" (da diretora vencedora do Oscar Katheryn Bigelow) toca na ferida estadunidense com um dedo comprido e acerta bem aonde dói: na consciência.

Acredito que deva ser difícil para um estadunidense assistir sem remorso à encenação do que acontece nos galpões das bases militares espalhadas pelo Oriente Médio. Onde suspeitos são espancados, torturados e humilhados em troca de informação. Deve ser difícil também se dar conta de como muitos destes suspeitos, por puro ódio, omitem informações importantíssimas que poderiam salvar centenas ou milhares de pessoas se reveladas à tempo.

Deve ser difícil se sentir como uma ameaça e um alvo ao mesmo tempo. Assistindo ao mesmo filme.

James Gandolfini
 (Foto: Imagem Filmes)
"A Hora Mais Escura" já faturou mais de 56 prêmios e ainda foi indicado à cinco estatuetas no Oscar, incluindo Melhor Atriz (Jessica Chastain) e Melhor Filme. Também, não é pra menos. O cast é poderoso e conta com Jason Clarke, que está tão bem como o torturador Dan que nos faz odiá-lo e adorá-lo ao mesmo tempo. Jennifer Ehle é outra atriz que está magnífica. James Gandolfini, como sempre, não fez feio e participa de uma das cenas mais hilárias do filme.

Jessica Chastain, que interpreta a agente Maya, está em ótima fase. A atriz já havia despertado minha curiosidade em "A Árvore da Vida" e foi a única coisa interessante de "Os Infratores". Em "A Hora Mais Escura", Chastain nos prova que veio pra ficar. Ela foi indicada ao Oscar e o curioso é que ela nem era a primeira opção dos produtores do filme para viver Maya, que seria interpretada por Rooney Mara (A Rede Social). Melhor para Chastain que, além da indicação aos Academy Awards (e possível chance de vitória), ganhou, até o momento, os seguintes prêmios de melhor atriz:

Broadcast Film Critics Association Awards;
Chicago Film Critics Association Awards;
Dallas-Fort Worth Film Critics Association Awards;
Florida Film Critics Circle Awards;
National Board of Review;
Online Film Critics Society Awards;
Vancouver Film Critics Circle;
Washington DC Area Film Critics Association Awards.

Além de ter ganho o Globo de Ouro, o que a torna uma das favoritas a ganhar o Oscar, ao lado de Jeniffer Lawrence (O Lado Bom da Vida).

 Mark Strong
(Foto: Imagem Filmes)
Além do elenco fora de série, a fotografia do filme é incrível e eu achei uma injustiça que o filme não tenha sido indicado ao Oscar.

O filme foi indicado a outras quatro categorias: Melhor Edição de Som, que vai levar fácil, pois o som do filme é incrível. A sala em que o assisti (Estação Sesc Rio, durante a cabine de imprensa promovida pela Imagem Filmes) é ótima e deu pra curtir cada detalhe. Na cena da bomba no restaurante eu quase levantei da poltrona, tamanho o susto que levei.

Foi indicado ainda para o Oscar de Melhor Edição, Melhor Roteiro Original e Melhor Filme.

"A Hora Mais Escura" pode levaro Oscar de Melhor Roteiro Original, apesar de eu apostar que Quentin Tarantino vai acabar levando o troféu pra casa por "Django Livre". Mas não ganhará Melhor Edição, que ficará com "Lincoln" (de Steven Spielberg) e nem Melhor Filme que irá pra "Argo" (de Ben Affleck).

Que fim levou Osama?

Curioso que este filme já estava planejado antes mesmo que Bin Laden fosse, de fato, capturado e morto pelo poderio americano. Após isso, o roteirista Mark Boal teve que reescrever o script, atualizando-o. "A Hora Mais Escura" se tornou, do dia para a noite, uma história sobre a vitória militar e política de Barack Obama, quando era, originalmente, uma história sobre os 10 anos de fracasso em capturar Osama Bin Laden.

Mas, cá entre nós: Osama Bin Laden foi realmente capturado e morto pelos EUA?

Se você procura a resposta pra esta pergunta, recorra aos sites de notícias ou de teóricos da conspiração que estão espalhados pelos servidores da internet mundo afora. No entanto, se acha que encontrará a solução para esta questão no filme "A Hora Mais Escura", pode acabar ficando frustrado.

Teriam eles matado Bin Laden?
(Foto: Imagem Filmes)
Pois é! O filme não revela o que realmente aconteceu naquele dia 02 de maio de 2011. Não há um corpo que evidencie que aquele habitante do terceiro andar da casa onde supostamente o terrorista estava escondido era de fato Osama. Seu nome sequer é mencionado após abaterem o homem que os militares alegaram ser o terrorista e nem mesmo Maya, a agente da CIA que fez o reconhecimento do corpo, ousou pronunciar seu odioso nome. Na cena final, Maya, que havia finalmente cumprido a missão de sua vida, chora.

Nada mais comum chorar nesse momento. Afinal, ela lutou por anos com o objetivo de desmantelar a Al Qaeda e capturar Osama Bin Laden e, tendo em vista sua declaração, havia finalmente conseguido concluir seu maior objetivo.

Mas não é, definitivamente, um choro de alegria por ter cumprido sua missão. Pareceu-me um choramingar de frustração por ter feito parte de uma jogada meramente política. 

De todo modo, acho que ter deixado esta dúvida no ar foi uma decisão acertada. Cria um clima de debate e reflexão sobre o assunto.

Rock on! (Marlo George)

Maya, a agente que, supostamente, achou Bin Laden.
(Foto: Imagem Filmes)

Ficha Técnica:
A Hora Mais Escura (Zero Dark Thirty, 2012)
Direção: Kathryn Bigelow
Elenco: Chris Pratt, Jessica Chastain, Joel Edgerton, Frank Grillo, Scott Adkins, Jennifer Ehle, Mark Strong
Classificação: 14 anos - Violência


[LANÇAMENTOS & NOVIDADES #04] Editora Baraúna


Olá, #impressionautas!!!

Hoje, trazemos para vocês os lançamentos do mês de Fevereiro da Editora Baraúna... confiram!!!


As Pedras de Adão – Os Sonatas Rondinelle Santos Boning

ISBN: 978-85-7923-644-0
Páginas: 380
Formato: 14 x 21

Sinopse:  Brevemente, a Editora Baraúna lançará As Pedras de Adão - Os Sonatas, do autor Rondinelle Santos Boning.Como matar alguém imortal?Essa é a duvida que aflige Adão. Uma criança com o desejo de crescer como outra qualquer, em um mundo dividido entre cobiça, ganância e poder. Alastor Morgentaw, um alquimista sábio e poderoso, mas que na obscuridade trazia com sigo o poder de dominar o mundo convenceu seus amigos alquimistas de que era o único preparado para testar uma nova criação que revolucionaria a sociedade da época: A Pedra Filosofal, capaz de transformar qualquer humano, em imortal.Mas Alastor provou ser um traidor e após se tornar imortal, roubou a pedra, fugiu e partiu na premissa de voltar, acabar com todos e dominar o mundo. Sabendo que era impossível matá-lo, Andreais, a líder dos Alquimistas, resolve persuadir os deuses elementais, únicos guardiões dos poderes que seriam capazes de enfrentar Alastor. Ao passar do tempo e incapaz de sozinha derrotar tal vilão, Andreais confia ao filho, Adão, as pedras, uma carta confusa e um mapa. Entre amigos, traidores e sábios, Adão percebe que ele próprio é a única solução contra uma destruição iminente.

O autor: Rondinelle Santos Boning nasceu em Salvador, Bahia. Ainda bebê mudou-se para uma cidadezinha pacata, no interior do estado do Espírito Santo, onde reside atualmente. O jovem autor de 21 anos, sempre gostou de criar histórias fantásticas e mágicas e ainda criança, confeccionava pequenos livros que ele mesmo escrevia e os dava para amigos e familiares.

Dez_necessários – textos do cotidiano! - Fábio Abrahim Atala

ISBN: 978-85-7923-614-3
Páginas: 274
Formato: 14 x 21

Sinopse: Em breve, a Editora Baraúna lançará o livro Dez_necessários – textos do cotidiano!, do autor Fábio Abrahim Atala. A obra é uma compilação de crônicas que utiliza recursos de sinestesia em textos únicos que caracterizam o estilo do autor de olhar em silêncio o cotidiano e a alma das pessoas a sua volta.O livro contém crônicas diversas que vão desde a comédia da vida privada a inocência retro, que remetem a crença na vida em busca da fé que move montanhas para alcançar sonhos.

O autor: Fábio Abrahim Atala - Bacharel em Informática pela Universidade Estadual de Maringá. Atuou como Analista de Sistemas na Atos Origin alocado na Tim Brasil em Santo André – SP, de 2008 à 2010, quando se mudou para Curitiba e trabalhou com Oracle Retail, de 2010 à junho 2012, e na Wipro – América Latina, alocado no projeto da B2W.

[SELOS & MEMES] O A.I.L recebeu mais um selo...!!!


Bom dia, #impressionautas... recebemos mais um selinho...agora é do blog "Cantina do Libro"

As regrinhas deste meme são:
  1. Responder as perguntas
  2. Linkar o blog que te enviou este meme: Cantina do Libro
  3. Repassar para 5 ou mais blogs

Qual a quantidade de livros comprados/ganhados e não-lidos que você tem na fila atualmente?
 Já perdi a conta... acho que uns 20 livros...rssss 

Como ou porque motivo você chegou a essa quantidade?
Falta de tempo mesmo...além de eu ter a mania de comprar livros para futuras leituras

Você tenta se controlar para não comprar muito (e aumentar o tamanho da fila) ou não se importa com isso e compra quando tem oportunidade/dinheiro/vontade?
Se eu gostar de algum livro...com certeza eu compro...kkk mas tento me controlar, na maioria das vezes.


Nos últimos meses a sua fila está tendendo a aumentar ou diminuir?
Diminuindo, bastante. 

Quantos livros em média você compra/ganha por mês?
No máximo dois... já que tenho uma pilha imensa de livros, que ainda não li, me esperando...rssss

Blogs indicados:


Chá, Biscoitos e um Livro
Insaciavelmente Apaixonada
Perdida entre Livros
Línguas de Prata
Lamina Serafim

[SELOS & MEMES] O A.I.L recebeu o selo "Versatile Blogger"!!!


Boa tarde, #Impressionautas!!!
Recebemos do blog Línguas de Prata mais um selinho eheheh e desta vez é o Versatile Blogger!!!! Legal né?!

Obrigada Rafa, Mary e Carol!!!!  


Regras: 
Nomear 15 blogs
Avisar a pessoa que você nomeou;
Agradecer ao blog que te nomeou;
Adicionar o post ao blog;
Adicionar 7 coisas que você gosta.




Coisas que gostamos:

Os integrantes da equipe A.I.L amamos  filmes, livros, mangás, histórias em quadrinhos... tudo que é relacionando a Cultura Pop em geral!



Os 15 blogs nomeados:
  1. Stealing Books
  2. Uma Visão Missionária
  3. Meninas que leem livros
  4. Um Jovem Leitor
  5. Leitura Hot
  6. 18 Primaveras
  7. Interrupted Dreamer
  8. Cantina do Livro
  9. Viciados em Livros
  10. Estante Seletiva
  11. Livros e Rabiscos
  12. Universe of Word
  13. Obcecada pelos Livros
  14. Desatando Nós
  15. Heiime

Mais uma vez, agradecemos ao blog "Línguas e Prata" pelo reconhecimento e espero que voces #impressionautas e os blog nomeados gostem do selinho! :D

[LANÇAMENTOS & NOVIDADES #03] Editora Novo Século

Capa da edição nacional
Cinquenta Vergonhas de Cinza (de Fanny Merkin)

UMA PARÓDIA HILÁRIA E INTELIGENTE DA SÉRIE BEST-SELLER CINQUENTA TONS!

Trecho: "Empurro a porta aberta e tropeço na barra das minhas calças de ginástica largas num movimento rápido e desajeitado. Enquanto tombo na direção do chão, meu corpo, por reflexo, aciona o modo ginasta. Largo a mochila e o notebook, estendo meus braços e viro uma estrela. Com o impulso conseguido com o tropeção, completo três estrelas antes de aterrissar em pé… em cima da mesa do Sr. Grey! Fico tão envergonhada com minha falta de jeito que fecho os olhos. Espera aí. Alguém está… aplaudindo? Abro meus olhos e encaro o Sr. Grey e MINHA NOSSASSINHORA DOS VAMPIROS BRILHANTES, COMO ELE É GOSTOSO!"

"Erotismo pesado... Comédia mais pesada ainda. Se alguém consegue essa proeza, este alguém é Andrew Shaffer" – Paul Bogaards, New York Times

"Paródias de best-seller são sempre itens de sucesso. A trilogia erótica Cinquenta tons de cinza, de E. L. James, estava implorando por uma versão hilária como essa"– US Today

Dedo no nariz, truques com lenço na vagina e o Space Needle erguido. O que mais se pode esperar de um romance erótico?

Leia aqui o primeiro capítulo e clique aqui para comprar...

Sobre a "autora" 
Fanny Merkin vive em uma mansão em Beverly Hills, comprada com o adiantamento absurdamente grande recebido por "Cinquenta Vergonhas de Cinza". É ex-funcionária do Walmart e sua obra ocasionalmente aparece sob o pseudônimo “Andrew Shaffer”.

Editora Novo Século
ISBN: 978-85-7679-872-9

Tradução: Petê Rissatti
Páginas: 256
Formato: 23 x 16 cm
Peso: 0,3 Kg
Acabamento: BROCHURA
Data de Lançamento: 01/02/2013
Por: R$ 24,90

[LANÇAMENTOS E NOVIDADES # 02] Editora Belas-Letras


Pré-venda Tesão – Livro autografado + marcador de página + frete grátis*

  • Tico Santa Cruz
  • 128 páginas
  • 9788581740768
  • R$ 29.90
  • *ATENÇÃO: POSTAGEM DOS LIVROS COMPRADOS APENAS A PARTIR DO DIA 15.02.2013
    Esqueça a ordem poética da sedução neste livro de Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas Roque Clube. Porque os contos e poemas eróticos de Tesão conduzem o leitor a um mundo sem limites, sem preconceitos. A uma atmosfera enigmática que instiga a imaginação e desperta o desejo por uma aventura que entorpece o corpo. Carne, sexo, violência e força – o encontro de dois animais num confronto vital pela continuação da existência. O primitivo, o condenável, o que os outros não têm coragem de levar adiante por medo do pecado e do julgamento divino. Um prazer que assassinou a culpa, depois cuspiu o sangue no chão.

[AIL NEWS] "As Aventuras de Tadeo" em 3D!

Fotos: Paramount / Divulgação

Não gosta de carnaval ou quer escapar da folia pegando um cineminha? Bem, como somos muito legais com nossos #POPulares, indicamos essa aventura em animação e em 3D também, chamada "As Aventuras de Tadeo"...

"M-mas do que se trata esse desenho, tio...?"

A sinopse oficial diz que devido a uma confusão inesperada, Tadeo, um pedreiro sonhador, será levado por um famoso arqueólogo a uma expedição no Peru. Com a ajuda de seu fiel cão Jeff, da intrépida professora Sara, um papagaio mudo e seus amigos, vai tentar salvar a lendária Cidade Perdida dos Incas de um grupo de caça tesouros do mal.

Tadeo sempre quis se tornar um famoso arqueólogo e aventureiro. No entanto, passa seus dias sonhando entre guindastes e cimento da obra onde trabalha. A oportunidade de realizar seus sonhos dá-se quando seu amigo, um arqueólogo de renome, recebe uma tabuleta de pedra misteriosa, que é a chave que leva à cidade perdida de Paititi e seu lendário tesouro. Porém, num ponto da viagem, o arqueólogo sofre um acidente e advinhe quem deve substituí-lo na expedição? Tadeo, claro!

Sara e Tadeo em apuros
Após a chegada ao Peru, Tadeo descobre Oddyseus, uma grande corporação especializada em caçar de tesouros, que também está atrás da trilha da cidade perdida de Paititi... E estão dispostos a fazer qualquer coisa para encontrá-la!

Com a ajuda de Sara – uma destemida arqueóloga – Belzoni, um papagaio mudo com muita personalidade; Freddy, um estranho guia com um surpreendente casaco polivalente e Jeff, o inseparável cão de Tadeo Stones, eles partem para uma aventura repleta de perigos que os levará por todo o país para salvarem a Cidade Perdida e proteger um misterioso tesouro das garras de seus inimigos.
Paisagem impressionante...
"Tadeo Stones" nasceu em 2004, com um filme de curta metragem dirigido por Enrique Gato e produzido por Nicolás Matji. Em junho de 2008, a animação de longa metragem foi iniciada e, mais adiante, a TELECINCO CINEMA e a TELEFÓNICA PRODUCCIONES se uniram ao empreendimento. Esta é a primeira produção de animação da TELECINCO CINEMA (de filmes como Cela 211, O Labirinto do Fauno, O Orfanato) juntamente com a EL TORO PICTURES (Lope), IKIRU FILMS (Biutiful), LIGHTBOX ENTERTAINMENT (ganhadores de 3 Prêmios Goya de Melhor Curta Metragem de Animação) e a TELEFÓNICA PRODUCCIONES (Lope), com a participação da INTERECONOMÍA e da MEDIANETWORKS.

Sara, Freddy e Tadeo
O filme espanhol, dirigido por Enrique Gato, foi indicado a 11 categorias do Prêmio Goya, a maior premiação do cinema espanhol, incluindo Melhor Filme de Animação, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Novo Diretor e Melhor Canção Original ("Eu vou esperar", de Belinda e Juan Magan).

Assista o trailer e curta um carnaval diferente pois o filme - que tem distribuição da Paramount -  estreia no Brasil em 08/02/2013 (sexta-feira de carnaval)! Clique aqui ó para ver o site oficial...

E veja o trailer no player abaixo, ok?


[AIL NEWS] Conheça a animação brasileira "Uma História de Amor e Fúria"!!!


Poster oficial
Foi-se o tempo em que sonhávamos com um grande filme de animação feita no Brasil para ser exibido nos cinemas. Nossos animadores são disputados e exportados. Taí "A Era do Gelo" e "Rio", dentre outros, que não me deixam mentir... E agora, em muito breve, no dia 22/03/2013, chegará aos nossos cinemas o filme "Uma História de Amor e Fúria", do diretor Luiz Bolognesi e com vozes de Selton Mello, Camila Pitanga e Rodrigo Santoro. 

Um homem com quase 600 anos de idade acompanha a História do Brasil, enquanto procura a ressurreição de sua amada Janaína. Com traço e linguagem de HQ, o longa mostra a história do Brasil como você nunca viu. A versão dos que nunca desistiram de lutar...


Quem estiver curioso, pode acompanhar a página do Facebook e o perfil do Twitter, que sempre libera algumas novidades sobre a produção...


Cena do filme
Rodrigo Santoro, Camila Pitanga
e Selton Mello
Confira abaixo o trailer oficial, que já dá um gostinho de orgulho...

[PARCERIA] Editora Belas-Letras


Olá, #impressionautas! Tudo legal! Já é, então... Temos mais uma ótima notícia, iniciando o ano de 2013 com os dois pés direitos: fechamos #parceria com a Editora Belas-Letras

É com grande orgulho que anunciamos mais esta vitória a todos que torcem por nós e acreditam em nosso trabalho...

Sobre a editora


"Belas-Letras é uma editora jovem, nascida em abril de 2008, com o compromisso de promover o prazer pela leitura e fortalecer a relação afetiva das pessoas com os livros. Para a Belas-Letras, ler é se emocionar e se divertir a cada página. Trabalhamos para transformar cada leitura em uma experiência prazerosa e inesquecível para os nossos leitores.
Somos uma das primeiras editoras brasileiras a publicar livros licenciados sobre futebol, em parceria com os grandes clubes brasileiros, estimulando a leitura e a união entre pais e filhos por meio dessa que é nossa paixão nacional. Além do esporte, a Belas-Letras investe em outros assuntos, como livros sobre música, esportes em geral, humor, desenvolvimento pessoal, bem-estar, blogs, livros infantojuvenis, livros-brinquedo e livros-presente, sempre com o objetivo de surpreender e encantar o leitor com bom conteúdo e esmero nas edições.
O maior patrimônio da Belas-Letras são seus leitores e seus escritores, ou seja, quem escreve e quem lê. De um lado, temos em nosso catálogo nomes como Humberto Gessinger, Helio de La Peña, Gabriel o Pensador, Serginho Groisman, Nando Reis, Tico Santa Cruz, Luís Augusto Fischer, Eduardo Bueno e Mauro Beting, entre outros. Do outro lado está você, o leitor, nossa razão de existir – e a dos nossos livros também".


Voltaremos em breve com mais algumas novidades... Porque, por aqui, vocês já sabem, né? É só vitória!

Rock on, abração carioca (e palmense), bjins e inté!
Equipe AIL

[PARCERIA] Poltrona Pop!!!


Olá, #impressionautas!!! Com grande orgulho, anunciamos mais uma grande e vitoriosa parceria...

Desta vez, fechamos com o portal Poltrona Pop, que fala de cinema, quadrinhos, games, música, enfim, tudo sobre o que é chamado hoje em dia de "cultura pop". O portal é capitaneado por Marlo George e Kal J. Moon (que todos vocês já conhecem das resenhas de livros e quadrinhos postadas aqui no AIL), com o auxílio luxuoso de Andreas Cesar.

A parceria se dará através de promoções conjuntas, matérias correlatas, coberturas de eventos, dentre outras coisas. E aguardem muitas novidades a esse respeito por aqui, ok?

Deem as boas vindas curtindo sua página no Facebook, seguindo-os pelo Twitter e se inscrevendo em seu Canal no Youtube, o Poltrona Pop TV, onde já existem entrevistas e matérias exclusivas...

Ficamos combinados assim...

Rock on, abração carioca (e palmense), bjins e inté!!!
Equipe AIL


[AIL NEWS] A volta de Combo Rangers arrecadou R$ 60000!

O desenhista e escritor Fabio Yabu declarou em sua página no Facebook que o projeto de trazer de volta a revista em quadrinhos dos Combo Rangers (que vocês souberam aqui) já arrecadou, via crowdfunding, a vultosa soma de R$ 60.000,00 (Sessenta mil Reais), o que possibilita a feitura de duas edições.

Para comemorar o feito, Yabu divulgou a primeira imagem de uma série de cards exclusivos, que serão feitos por alguns artistas brasileiros. A arte, desta feita, é de Walmir S. Arcanjo, antigo colorista da série.

E se alguém ainda deseja apoiar o projeto - que já alcançou o alvo -, pode clicar aqui para garantir seu exemplar do álbum e uma recompensa exclusiva...

Combo Rangers
(arte de Walmir S. Arcanjo)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...