[DIVULGAIL] FLUPP: Inesquecível Tarde de Literatura no RJ!

Diversas palestras aconteceram
durante o evento
Uma tarde realmente inesquecível... É a única descrição que me vem à mente no momento.

No dia 11/11/2012, a Equipe AIL (representada por Kal J. Moon e Mac Batista) partiu para o último dia da FLUPP - Feira Internacional Literária das UPP's. Era domingo, o sol demorou um pouco a sair mas quando veio... Bem, basta dizer que me senti como formiga fugindo de lente de aumento para não ser queimado...

Chegamos ao Largo do Machado, onde haveriam transportes gratuitos para levar os interessados ao local do evento, o Morro dos Prazeres, em Santa Tereza (RJ). Após procurar bastante e perguntar a muitas pessoas, ninguém sabia onde ficava o tal ponto destes transportes... Enquanto eu andava e navegava pela internet em meu celular à procura de algum vestígio de informação, eis que avisto um banner do evento e resolvemos esperar ali, após recebermos a informação de que o transporte viria em alguns minutos.

Mac em frente ao muro grafitado
com Monteiro Lobato


O alívio veio mesmo quando entramos na Sprinter com um ar condicionado maravilhoso. Fomos recebidos com um "boa tarde", seguido da entrega do programa do evento. Ponto à organização pois este tipo de tratamento mostra que o visitante realmente é benvindo. Espero que isto torne-se uma constante nos eventos que visitarmos daqui pra frente, uma vez que o carioca é conhecido por sua cordialidade...

Após curvas e curvas morro acima - mais do que vocês podem imaginar (parecia uma montanha russa!) -, chegamos ao evento, ao som de hip hop e charm da melhor qualidade, o que fez Mac arriscar uns passinhos marotos. Eu entrei no embalo mas o resultado não foi tão bom pois possuo dois pés esquerdos, hehehe...

Kal mostra toda sua
desenvoltura no hip hop... YO!
Mais uma vez, fomos recebidos por uma representante da organização do evento, que já nos explicou onde era a entrada e o que estava acontecendo do lado de fora: os muros estavam sendo grafitados enquanto rolava a festa! Claro que tínhamos de ver isso!! Diversos personagens e autores misturados como Monteiro Lobato, Visconde de Sabugosa e Gato de Botas (este último feito pelo talentoso grafiteiro Duim), além das lisérgicas imagens que formavam um painel sem igual. Isso tudo misturado à linda paisagem do morro com vista para o Pão de Açucar e Cristo Redentor, que abençoava aquela tarde e me lembrava o quão sortudo sou por poder vivenciar aquele momento único...

Após uma rápida subida, entramos em alguns pavilhões e tendas, onde ocorriam palestras com autores nacionais e internacionais como o cartunista francês Étienne Lécroart e o brasileiro Olivier Martin, a escritora Anna Cláudia Ramos, dentre muitos outros.


Casarão
Demos uma olhada no Casarão, que abrigou uma pequena mostra sobre Lima Barreto (Lima Barreto: de Todos os Santos à Praia da Saudade), patrono do evento, além da exposição fotográfica África Chama. Neste mesmo espaço, havia também a venda de livros de alguns dos autores que palestraram no evento, o que dava a chance de levar um exemplar autografado...

Antes de prosseguir, um lembrete: o Casarão é lindo! Todo construído em madeira, lembrava um cenário e termos a oportunidade de visitar um local desses em pleno século 21 não é somente muito bom como também um grande privilégio.
E o melhor: gratuitamente! Realmente, não tem preço...


Após tudo isso, resolvemos descansar um pouco e aproveitar a linda vista do local. Neste momento, nem percebemos, de tão absortos com a bela visão, que havia uma moça a falar conosco:

Manifesto lançado durante o evento
- Dá licença... Vocês são de algum veículo de comunicação...? - disse ela.
- Hã, nós temos um blog sobre literatura e cultura em geral... - respondi.
- Ah, sim... E vocês farão a cobertura do evento...? - indagou.
- Estamos tirando algumas fotos e publicaremos uma matéria em breve, divulgando tudo... - respondi.
- Bem, se precisarem de alguma coisa, anotem meu celular, que posso providenciar... Temos uma programação especial na outra tenda voltada ao público infanto-juvenil... - disse ela.
- Sim, nós fomos lá... Estamos aguardando o horário da palestra de Thalita Rebouças... - respondi.

Livros vendidos a R$ 5!
Então, ela passou-nos instruções para ter acesso para uma possível entrevista com a autora! É, nosso querido blog AIL foi reconhecido como veículo de comunicação! Porém, devo salientar que isso não deu-se por acaso... Eu e Mac confeccionamos nosso próprio crachá, a fim de podermos ser identificados mais rápido junto aos autores e possíveis contatos durante o evento. Além disso, levamos alguns marcadores ex-clu-si-vos para presenteá-los, uma vez que é muito difícil para um autor ou representante de organização do evento lembrar de todos com quem falaram ao longo do dia... Essa moça que fazia parte da organização verificou que estávamos com crachá mas não éramos de nenhum dos grupos relacionados ao evento, resolvendo investigar... Deu no que deu! \o/

Livros dos palestrantes à venda
por preços convidativos
E após quase aparecer na Globo News (que filmava o evento e entrevistava alguns visitantes) e ser arrastado por Mac ("Vamos logo que a palestra começa daqui a pouco, tá...?", ordenou, gentilmente, nossa gerente de conteúdo), chegamos à Tenda Bruzundangas, onde ocorriam as tais atividades destinadas ao público infanto-juvenil que a moça da organização nos indicou, chamada de Flupp Parque. E como somos "jovens ainda", estávamos prontos, assim como todo o público de crianças, adolescentes e pais, para assistir à palestra com Thalita Rebouças, autora de sucessos como a série "Fala Sério", "Ela Disse, Ele Disse", dentre outros. 

Encontre Mac na platéia...
Chegamos à tenda porém tivemos de esperar quase uma hora por conta de um problema técnico relacionado à energia elétrica. O clima estava quente mas na medida do suportável. Porém, quando finalmente o ar condicionado foi ligado, ouvimos alguém dizer "AH, QUE AR GOSTOOOOSOOOO...!", o que me levou ao riso em instantes.

Eu e Mac ficamos estratégicamente sentados na segunda fila, na ponta direita, bem em frente ao palco, prontos para ter os melhores ângulos de foto, além de poder fazer alguma pergunta, se houvesse a oportunidade. A palestra começa com a leitura de um trecho do livro "Fala Sério, Pai", da crônica "Pais não Sambam", onde o pai da protagonista conta como foi a experiência de levar sua filha pré-adolescente de 12 anos a um baile de carnaval e ainda conseguir quase matá-la de vergonha.

(Eu tinha, curiosamente, lido o texto pouco antes da palestra começar e me escangalhei de rir pois já aconteceu algo parecido comigo - aguardem em breve resenha aqui neste cantinho de leitura, ok?)

Thalita Rebouças sendo
apresentada ao público
Em seguida, passamos à apresentação da autora e perguntas vindas do público, formado em grande parte por crianças e adolescentes das comunidades vizinhas, que indagou sobre dúvidas em relação ao texto dela, curiosidades interessantes a respeito da construção de texto, sua carreira e muito mais. Espero que isso seja divulgado em massa para mostrar como se faz uma platéia interessada, muito diferente de alguns programas na TV que passam nas "altas horas" de sábado... (Entendedores entenderão...)



Thalita Rebouças:
esbanjando simpatia
Empolgado, também tive oportunidade de satisfazer minha curiosidade como porta-voz do AIL, perguntando justamente pela autora ser uma das representantes nacionais da nova geração de escritores que conseguiram trazer de volta as crianças e adolescentes à literatura, uma tarefa tão difícil. Ela respondeu que "Harry Potter", ajudou muito nesse sentido, uma vez que mostrou às crianças que literatura não era nenhum bicho de sete cabeças e, sim, poderia ser divertido ler. E é isso que, segundo a autora, seus livros representam: entretenimento. Suas histórias foram feitas para quem gosta de rir um pouco, se emocionar também mas principalmente para quem gosta de se divertir lendo e se identificar...

E o público correspondeu, se divertindo a valer com histórias hilárias como a do pai que levou a filha para autografar os livros da autora e passou-lhe uma inusitada cantada como "O autógrafo vem com seu telefone...?". Detalhe: o marido da autora estava ao seu lado neste momento. Após uma polida recusa da autora, foi "salva" pela filha do pai galanteador, que disse "Caracas! Ela já disse que não está a fim...". Sensacional!

Thalita Rebouças autografando
Thalita Rebouças deu um verdadeiro show de simpatia ao responder as perguntas de muitos admiradores, de todas as idades, além de contar um pouco de sua rotina e seu processo de trabalho. Ela é realmente uma autora que conquista com um grande e ensolarado sorriso, além da cordialidade nata. Valeu muito a pena assistir. Quem perdeu, um consolo: ela prometeu voltar na próxima! o/

Após a despedida, aconteceu, no mesmo local, uma mesa de autógrafos. Claro que, por conta de nossa estratégia, ficamos no início da fila... Tivemos a oportunidade de conversar rapidamente com a autora, que autografou um exemplar do livro "Fala Sério, Pai!", dedicando para algum(a) #impressionauta que o ganhará em breve... Aguardem e confiem!
Kal J. Moon, Thalita Rebouças e Mac Batista
E assim, o dia terminou assim, lento, preguiçoso e fresco como uma tarde daquele saudoso verão... Missão cumprida e tudo o que foi planejado, foi executado a contento... Gosto assim!

Kal J. Moon ainda não sabe o que esperar do futuro mas garante que quer mais disso para muito breve... Afinal, todos tem de ter acesso à literatura e lazer!

4 comentários :

  1. Simplesmente maravilhoso o texto, as fotos e a presença da Equipe A.I.L., que demostrou que vocês escrevem do que vêem, do que participam e não do que fingem que leem como muitos que escrevem blog's. Fantástica experiência de vocês e só de terem tido contato com Thalita Rebouças... Já valeu! Comprtilhei, indiquei e faço propaganda messsss....moooooooo.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, #impressionauta Patrícia! Vc já acompanhava o blog desde o começo e sabe do enorme esforço que tivemos para colocar o AIL como referência de conteúdo web de literatura e afins. E ter a aprovação de quem trabalha com isso há bastante tempo é sempre motivo de orgulho... Muito obrigado mesmo!!! Abração! (KJM)

      Excluir
  2. Nossa que máximo encontrar com ela! O seu blog é fabuloso, não canso de visitar!
    http://pepperbubblegum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, obrigado mesmo,Amanda! Continue visitando que vem algumas surpresas por aí muito em breve... Abração!! (KJM)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...