[GIBI REVIEW] "Shade, O Homem Mutável", de Peter Milligan & Chris Bachallo

Capa da edição nacional
Título: "Shade, O Homem Mutável"
Autores: Peter Milligan (roteiro), Chris Bachallo (desenhos), Mark Pennington (arte-final) e Daniel Cozzo (cores)
Histórias em Quadrinhos (aventura / ficção / adulto) | 124 páginas | Ed. Metal Pesado


Resumo bobo da história: Kathy George estava feliz pois ia finalmente apresentar o noivo a seus pais. Porém. ao chegar lá, algo muito grave acontece e alguém que ela odeia muito terá de passar bastante tempo ao seu lado e, com sua ajuda, salvar o mundo.

Trecho: "Em seguida, começaram os gritos. Os gritos. Os guinchos. A gargalhada. A gargalhada? O tempo e o espaço se confundiram, eu sei! Mas gargalhada? Claro! Houve gargalhada. Uma gargalhada esquelética que você ouve desde pequena... Desde que ficou sozinha no escuro pela primeira vez. Desde que procurou a mamãe e, pela primeira vez, ela não estava perto" (Kathy)

"- QUEM MATOU JFK?
 - Você ainda está fazendo essa pergunta idiota? A América matou JFK! Está me ouvindo! A América matou!
" (Duane)

Vida feliz... por enquanto!

Resenha: O que é, afinal, ser louco? É viver como se as regras da sociedade não tivessem valor algum? É não conseguir prestar atenção no dia a dia e estar sempre alienado? Loucura é, realmente, estado de espírito, algo demoníaco no ser humano ou algo inexplicado?

Nem olhe pra mim pois eu não saberia responder nenhuma das questões acima. Mas Peter Milligan, autor desta história, bem que tentou... Kathy George (não confundam com alguma parente de nosso querido Marlo, hehehe...) ia se casar. Estava muito feliz pois finalmente iria apresentar seu noivo aos pais. Quando chega à casa deles, descobre que os dois foram mortos por um assassino, que mata também seu noivo! No mesmo dia, ficou viúva e órfã. E vocês estavam reclamando de que mesmo? Pois é...

Certo. O assassino foi condenado à cadeira elétrica. Mas no momento da execução, um ser de outra dimensão apossa-se de seu corpo e parte da loucura dos seres humanos "foge" para nossa realidade. O nome desse ser é Shade. E nada mais seria o mesmo para Kathy.

Gostaria que focassem suas atenções no que acontece a seguir. Kathy e Shade começam uma peregrinação para descobrir como deter a invasão da loucura a nosso mundo. Porém, Shade ainda está no corpo do assassino de seus pais e de seu noivo. Ela pensa o tempo todo em matá-lo para se vingar. Porém, percebe que a mente dele não é a mesma...

E a loucura não se manifesta como imaginamos. Não são doentes perambulando por aí mas sim coisas inimagináveis e completamente impossíveis de acontecer na vida "real". Impossíveis mesmo!

(nesse quesito, a arte de Chris Bachallo faz com que nos sintamos loucos ou pelo menos sob o efeito de alguma droga)

No que a América se tornou,
segundo o autor?
Some a isso tudo a verdadeira paranóia dos Estados Unidos da América com o assassinato do Presidente John F. Kennedy e temos um pequeno clássico das histórias em quadrinhos para adultos feitas na década de 1990...

Não posso contar mais do que isso. Seria desleal com todos os que querem ler... E o texto é tão relevante que o personagem Shade voltou à cena atualmente na revista "Dark", integrando a novíssima "Liga da Justiça Dark"...

Vale a pena ler isso? Sim. Mas com a visão que você tinha ao assistir aos episódios antigos de "Arquivo X" e não como quem assiste a "Fringe". Entendedores entenderão...

Kal J. Moon não é louco. Sua mãe tem o boletim médico para comprovar...





Trilha Sonora: "Think" (Information Society)

4 comentários :

  1. Eu delirei ao ler esta hq pela primeira vez,uma história visceral e enervante(a esfinge é pertubadora). Li todo o arco da loucura americana em scan e digo nota 10 p/Milligan!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Alex! É uma ideia muito louca... Que até dá certo!!! (KJM)

      Excluir
  2. Cara...nem sabia que Shade estava na Liga Dark! O.o
    Preciso ler isso!!

    ResponderExcluir
  3. Sem palavras para tal "Obra de Arte intelectual", esse é o tipo de quadrinho/assunto que te faz pensar,nada melhor do que retratado em forma de HQ. Uma leitura insana, muito legal mesmo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...