Gibi Review #06: "Criminal - Covarde", de Ed Brubaker & Sean Phillips

Capa da edição original
(por Sean Phillips)
Título: Criminal - Covarde
Autores: Ed Brubaker (roteiro) & Sean Phillips (arte)
Formato: Lombada Quadrada | Capa Dura | Encadernado com as edições de 01 a 05 da série
Ed. Panini Books | História em quadrinhos | Policial | Desaconselhável para menores de 18 anos

Resumo bobo da história:
Leo Patterson é um criminoso que planeja em detalhes qualquer roubo, assegurando-se de ter sempre uma rota de fuga e evitando se meter em golpes arriscados demais. Para alguns, Leo não passa de um covarde mas tudo que ele quer é não ter o mesmo fim do pai, morto na cadeia anos antes por haver transgredido suas próprias regras ao elaborar um golpe. Agora, porém, o que está em jogo são cinco milhões de dólares em diamantes...

Trecho (contém spoilers): Troncudo: - Hummm... Não foi, mas você não podia dirigir nesse estado... Garoto burro do c@r@lh#.
Leo: - Olha a boca pô. Tente evitar palavrões perto da menina. A mãe não ia gostar.
Troncudo: - Ihh... Pelo jeito, não vou voltar a ver a Greta por aqui, né?
Leo: - Ninguém vai... Exceto eu. 
 
Leo: - Eu descobri que morrer era bem mais fácil do que matar. E muito mais doloroso.

Leo se preparando pro crime
(Arte de Sean Phillips)
Resenha: Covarde é o primeiro arco de crônicas urbanas da série Criminal e conta com os 05 primeiros volumes do gibi que foi lançado lá fora, publicado aqui no formato encadernado (pra ficar bem caro e elitizar o consumo de gibis no Brasil).

A arte de Mr. Phillips é competente e basta dizer isto. Ângulos cinematográficos e cenas de ação dignas de um filme de ação oitentista, além do abuso de sombreamento, dão o toque noir à estória. Mas o que realmente chama a atenção em Covarde é o roteiro, que mesmo longe de ter o charme “Milleriano”, chega aos pés deste. Referências a Russ Meyer, Quentin Tarantino, Dick Tracy, entre outros, são as cerejas do bolo. Brubaker, que já trabalhou pra Marvel e DC, tem em Criminal seu melhor momento. O personagem Leo - o protagonista - é interessantíssimo do ponto de vista psicológico pois vive de dilemas e tenta manter um código de ética pessoal, que só viria a quebrar se não tivesse nada mais a perder. Leal, ambicioso e principalmente inteligente, ele é uma espécie de outsider dentro de um mundo de outsiders, marginais e corruptos.
Leo e Greta tem pontos de vista
completamente diferentes
(arte de Sean Phillips)
Greta é outra grata surpresa, já que, além de fazer poses sensuais para as capas dos gibis, é uma personagem muito bem construída e de importância fundamental na trama. Criminal – Covarde tem um roteiro digno de ser adaptado para o cinema, com uma tradução e adaptação competente.

Leo chegando à cidade
(arte de Sean Phillips)
Porém... Problemas na impressão, típicas em livros ou gibis impressos no Brasil, mancham (literalmente) esta que é uma das mais legais publicações dos últimos anos. Algumas páginas estão embaçadas, como se o offset tivesse desregulado - ou sabe-se lá o que -  e encontramos também alguns quadrinhos que estão borrados nas bordas. Algumas páginas têm variações de tonalidade que comprometem a harmonia das cores entre as páginas, enfim, aquilo de sempre. E não me venham dizer que tais “crimes” não comprometem a leitura porque comprometem sim!

Afinal, ao invés de estar entretido com uma estória legal como essa, o leitor desvia seu foco para estes detalhes trágicos. Acho que já está na hora de alguém tomar uma providência sobre estas questões. A gente paga e quer um produto que valha cada centavo. Editoras, sejam mais exigentes para com seus colaboradores e terceirizados. Gráficas, abram os olhos! Os scans já estão aí e os gibis online, em geral, são formatados a partir de originais digitais, daí...
Marlo George leu e releu este. E vai ler e reler o outro volume...

Trilha Sonora: "Sing me back home", de Merle Haggard com a participação de Willie Nelson (esta canção aparece tocando no carro do protagonista numa das cenas da história)

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...